Home Franquia A nova tendência é ter uma incubadora de franquias

A nova tendência é ter uma incubadora de franquias

por Rodrigo Campelo
A nova tendência é ter uma incubadora de franquias

Montar uma franquia é um processo e não tem nada de mágico nele. Não basta dizer pir lim pim pim que tudo fica pronto e começa a vender sozinho. A nova tendência é ter uma incubadora de franquias para ajudar a conhecer e entrar no ambiente de negócios mais preparado e qualificado. É importante dizer que segundo o Sebrae, a taxa de mortalidade de pequenas empresas com até 2 anos de operação é de 23%, enquanto isso, as franquias ficam com 3% de mortalidade considerando os mesmos indicadores. 

Para colocar o modelo de franquias em pé, é preciso ter processos muito bem definidos, desenhados e elaborados, principalmente quando o empresário ainda não conhece a fundo os princípios do franchising. Esses desafios na formatação do modelo de negócio, são facilmente solucionados pelas incubadoras.

O mercado percebeu quais eram as dores mais comuns dos empresários que desejavam entrar no setor de franquias e resolveram atacá-las. Só para que você entenda essas INCUBADORAS estão se aperfeiçoando para ajudar o empreendedor que deseja levar o seu negócio para o modelo de franchising. 

As dores dos franqueadores

Na primeira fase, que está ligada a formatação do modelo, as principais dores estão ligadas a geração de leads qualificados, criação de conteúdo que seja relevante e desperte interesse de pessoas para investir no negócio, ter bom relacionamento com instituições bancárias para fomentar operações para a franqueadora e para seus franqueados e por fim vender franquias.

Na etapa seguinte quando a marca já está mais madura as principais dores estão ligadas ao crescimento do negócio de forma estruturada para não desequilibrar a receita de franqueados em operação. Mas isso é assunto para outro post, combinado?

Em todas as etapas, o acompanhamento e comunicação com franqueados é um desafio constante. Acredite mas existem franqueados que julgam conhecer mais do negócio do que quem criou o modelo ou aqueles que não respeitam as regras e buscam formas de burlá-las o tempo todo, isso é mais comum do que se imagina.

É importante que você saiba que vender uma franquia nova, NÃO É UMA TAREFA FÁCIL. Depende de muito suor, reuniões, encontros e um time de vendas habilidoso e preparado para entrar em negociação. O que normalmente não faz parte do CORE BUSINESS do negócio que será franqueado.

Como funciona esse negócio de incubar uma franquia?

Como pode perceber e conhecer as dores de quem quer ser franqueador, as empresas incubadoras acabaram ganhando um papel relevante dentro do ambiente de franquias. São responsáveis por preparar as empresas que desejam entrar para o franchising  com conhecimento e aplicação de padrões para o negócio que será comercializado no mercado.

incubadora de franquia uma tendência

Incubadora de franquias tem um papel importante na formatação do modelo de negócios

Normalmente essas empresas formatam o modelo de franquias, fazem o estudo financeiro final, elaboram os documentos da franquia como a COF – Circular de Oferta de Franquias, contratos com franqueados, homologação de fornecedores, cuidam das redes sociais da franqueadora e são responsáveis pelas vendas de unidades. Uma coisa que tem ficado evidente é que o mercado  de franquias está se transformando muito rápido.

Mas para atender toda essa transformação, a incubadora se torna dona de parte da empresa que será criada para vender as unidades de franquias. A Incubadora fica responsável pela formatação, divulgação e vendas e o empresário pelos manuais, treinamento e aprovação dos pontos de expansão.

Tudo isso tem um objetivo maior: preparar a franqueadora para ser absorvida por aceleradoras que vão administrar e expandir o modelo numa velocidade muito mais alta.

A diferença entre incubadora x aceleradora

Para conhecer o papel da incubadora e da aceleradora, trouxemos os conceitos bem separados para te ajudar a entender.

As incubadoras geralmente ajudam os empreendedores iniciantes a colocar um projeto de pé, transformando o que estava apenas no papel em algo palpável, ou MVP (produto mínimo viável, da sigla em inglês). Fique atento, é muito comum conhecer incubadores no ambiente de startups e tecnologia, entretanto, no ambiente de franquias é uma novidade que vem formando nesses últimos tempos. 

Já as aceleradoras costumam pegar um projeto mais estruturado e acelerar o crescimento com expansões por diversas regiões com equipe própria. Para que a aceleração aconteça, ela passa a ser sócia, fazer a gestão daquela empresa que foi incubada e faz um plano de expansão muito mais intenso.

Essa nova tendência de ter uma incubadora de franquias tem o objetivo de qualificar ainda mais o setor de franquias e com isso evitar erros muito comuns em quem deseja operar no setor.

=======================================================================================================

Gostou deste conteúdo? Visite o portal, e descubra que existem muitas informações importantes que podem te ajudar a tomar a melhor decisão na hora de empreender.  Compartilhe com amigos e familiares e siga a gente nas redes sociais. A Negócio e Franquias está no Instagram, no Linkedin.  Você pode se inscrever também no Canal do Youtube e assistir nossos PodCasts na Rádio Super FM.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×