Home Empreendedorismo Repasse de Franquias

Repasse de Franquias

Regras para não ter dor de cabeça com o repasse da sua franquia

por Rodrigo Campelo
0 comentário
Regras para não ter dor de cabeça com o repasse da sua franquia

Você conhece as regras para não ter dor de cabeça com o repasse de franquias? Agora que passou a animação das vendas do final de ano, talvez a ideia de repassar a sua franquia entre no radar novamente. Não adianta ficar em pânico. È preciso ter calma e ser estratégico.

Se você comprou a franquia baseado na emoção é hora de ter calma e ser frio. Já errou uma vez então vamos evitar permanecer no erro.  É importante que você saiba que será preciso dedicar um tempo para o repasse acontecer. Segundo ponto será importante ter um recurso disponível para que seu negócio passa a ser interessante. Nâo vai cair do céu. Não existe milagre no mundo dos negócios.

Ainda não sabe se quer ficar no negócio e não conhece quais são os passos  que devem ser tomados para repassar a sua unidade sem gerar multa e desacordo com a franqueadora?

Dicas para repassar sua franquia e diminuir as dores de cabeça com os franqueadores

  • Como franqueado leia atentamente as regras firmadas no contrato de franquias.
  • Avise o consultor de campo do seu interesse
  • Formalize por e-mail e tenha uma resposta
  • Avalie quanto vale o seu negócio.
  • Não acredite que vá recuperar o dinheiro investido, isso é mentira.
  • Tenha certeza do repasse pois esse motivo será muito pesquisado pelo comprador.
  • Fique atento ao formato jurídico do repasse
  • Estude o contrato de locação e veja quais são as regras ou restritivos;
  • Não entregue a sua franquia a um corretor de imóveis. você está vendendo um negócio e não um imóvel.
  • Não poste em plataformas como OLX ou Mercado Livre. Isso pode te dar uma dor de cabeça de um tamanho quando a franqueadora descobrir.
  • Procure empresas especializadas em repasse de franquias que negociam seguindo as regras da COF

Motivos que podem fazer um franqueado desistir do negócio

  • Separação e divórcio
  • Mudanças de planos
  • Mudança de cidade
  • Saúde de familiares ou a própria saúde
  • Falta de sucessor
  • Cansaço
  • Idade
  • Problemas financeiros

O que tem que ficar claro é que o repasse não significa apenas que a operação está ruim financeiramente. É preciso estar atento e analisar tudo com critério.

banner

A saída do negócio é muito difícil, afinal de contas foi construida por um sonho de empreender e de dar certo. A decisão em deixar o negócio não significa que está dando errado ou que você não é bom empreendedor. Pode ser uma oportunidade para você começar uma nova jornada e para quem vai entrar a oportunidade de começar algo com histórico e custos mais baixos.

Se gostou deste conteúdo, compartilhe e indique para leitura. Criamos um portal para trazer muitas informações importantes e te ajudar a tomar a melhor decisão na hora de empreender. Não se esqueça. Compartilhe com amigos e familiares e siga a gente nas redes sociais. A Negócio e Franquia está no Instagram, no Linkedin. Você pode acompanhar no canal do Spotify e até mesmo baixar as músicas do Playlist do empreendedor. Se inscreva no Canal do Youtube e acompanhe a coluna independente na FM O Tempo.

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais