Home Franquia Conselhos de Warren Buffet

Conselhos de Warren Buffet

por Luiz Villar
Conselhos de Warren Buffet

Use os conselhos de Warren Buffet na hora de escolher uma franquia. Espero que você não ignore os conselhos do cara que é considerado pela Forbes uma das pessoas com maior capital do mundo e que ocupou o primeiro lugar em 2008.

Diante dessas informações espero que você vá até o final do texto e comi ele possa te ajudar a tomar a decisão de comprar uma franquia.

Fundamentos do Warren Buffet

  1. Simplicidade
  2. Paciência
  3. Temperamento adequado
  4. Pensamento independente
  5. Ignorar eventos macro que causam distração
  6. Não diversificar
  7. Inatividade, e não hiperatividade
  8. Comprar ações e manter-se fiel a elas ( Faço uma pequena adaptação mantenha-se fiel ao negócio)
  9. Foco nos resultados e no valor da empresa, e não na cotação das ações (Foco em resultados! Foco em Vendas)
  10. Oportunismo agressivo (Não deixe passar a oportunidade)

Mas como utilizar estes fundamentos na hora de escolher uma franquia?

Os conselhos do Warren Buffet podem te ajudar muito a entender o negócio que pretende se tornar franqueado. Acredito que os fundamentos acima irão lhe orientar na hora de escolher o negócio que irá atuar.

Existem outros fundamentos que vão lhe nortear na escolha do negócio como:

  1. Procure empresas duradouras com modelos de negócio previsíveis.
  2. Para Buffett, a complexidade pode atrapalhar. Procure investir em negócios que você consiga compreender e que acima de tudo que você seria um cliente.
  3. Uma lição importante que Buffett aprendeu com seu mentor, Ben Graham, foi a seguinte: não é preciso fazer “coisas extraordinárias para obter resulta- dos extraordinários”.
  4. “Se você não entende os negócios de uma empresa, não compre suas ações.” O mesmo se aplica para franquia se você não entende o negócio da empresa não abra uma franquia.
  5. “Busque sempre a simplicidade. Não faça com que os investimentos se tornem desnecessariamente difíceis.” Acredito se um negócio está muito difícil de se concretizar e melhor analisar se este realmente é um bom negócio. Acredito que isto também se aplique as franquias.
  6. “Ao ser abordado por um especialista em investimentos, pergunte: “O que você está ganhando com isso?” Se a resposta não for satisfatória, caia fora. Esta passagem se ajusta muito bem ao mundo das franquias, procure entender o balanço da franqueadora e se ela depende da taxa de franquia para sobreviver existe algo errado como o negócio. Franqueadora tem que viver de Royalties e venda de produtos.

Minha experiência

Na Touareg Seguros todos os sócios são corretores de seguros e vivemos do resultados das nossas carteiras de clientes, o que isso significa? Que mesmo a franqueadora crescendo é mantendo as suas contas com os royalties, os sócios continuam vendendo seguros, é tendo a comercialização de seguros como seu principal negócio.

Quando eu conto para um candidato da Touareg que vender seguros é um bom negócio, é porque vender seguros é o meu melhor negócio.

Para você deixo uma última dica importante: Procure franquias onde o franqueador tenha experiência no negócio que ele está franqueando.

Acompanhe a gente nas redes sociais e nos outros canais. Siga a gente no Instagram, no linkedin e no canal do Youtube. Se é um bom negócio, passa por aqui.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×