Home Franquia Sorvete é uma boa opção para empreender

Sorvete é uma boa opção para empreender

por Rodrigo Campelo
Sorvete é uma boa opção para empreender

Sorvete é uma boa opção para empreender. No Brasil são mais de 10 mil empresas ligadas ao setor de sorvetes e gelatos com faturamento acima de R$13 bilhões por ano e são responsáveis por mais de 100 mil empregos diretos e 200 mil empregos indiretos. Só para se ter ideia do tamanho desse mercado, 92% das empresas que atuam no ramo de sorveterias existente no país são microempresas, conforme dados da Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (ABIS).

No Brasil o consumo de sorvete ainda é baixo em relação a outros países, o que traz novidades e grandes oportunidades para quem deseja empreender. Só para ter uma ideia, o consumo per capita de sorvete por aqui ainda é de 5,4 litros por ano, enquanto a Nova Zelândia consome 28,3 litros e os  Estados Unidos  consomem 20,8 litros por pessoa ao ano.

CONSUMO REGIONAL

A região sudeste lidera com 52% o consumo de sorvete no Brasil, é seguido pelo nordeste que é responsável por 19% e pelo sul do país com 15%. O centro Oeste é responsável por 9% e o norte do país por 5% de todo consumo no país.

TENDENCIAS DE CONSUMO DE SORVETE

As grandes mudanças desse setor estão ligadas as inovações nas apresentações, sabores e foco no público-alvo com as diferentes formas de divulgação.

Quem oferece algo novo, que a concorrência não têm, nunca sai de moda. Por isso, lançar novos sabores é uma tendência atuais.

Outro ponto que deve ser levado em consideração são os clientes com restrições alimentares como sorvete sem glúten, lactose ou de origem animal.

Acredita-se que esses produtos devem ser cada vez mais naturais, com frutas frescas e ingredientes mais simples, sem uso de produtos industrializados.

Estima-se que nos próximos anos, os sorvetes serão vistos como alimentos e não apenas como uma sobremesa. Esse movimento já tem começado em algumas regiões em que são parceiros de massas, itens do café da manhã e em até mesmo algumas bebidas.

Talvez o grande diferencial esteja na diversificação nas apresentação dos produtos. Apresentações gourmetizadas aumentam o ticket médio e tem se tornado um fator interessante uma vez que leva os consumidores a compartilhar e com isso gerar grande repercussão nas redes sociais. Quanto mais elaborado mais merecem ser compartilhados nas redes sociais, por serem bonitos e com isso reforçam a marca nos olhares de seus consumidores.

Além disso, a combinação com outros acompanhamentos como as misturas com açaí ou cupuaçu e outras infinitas possibilidades são formas de atrair atenção e os olhares desse público que vem crescendo a cada ano.

OS MITOS DO SORVETE

Todo produto tem grande capacidade de aderência ao mercado carrega muitos mitos e que se continuam sendo divulgadas acabam se tornando verdades na cultura de um povo. Para combater essas falsas verdades, que são levadas de pai para filho, resolvemos trazer a explicação de alguns mitos e com isso te ajudar a pensar mais para empreender neste setor.

  • Tomar sorvete em dias frios causa gripe e resfriado – Ninguém fica doente porque tomou sorvete. O que faz alguém ficar gripado é a presença do vírus ou da bactéria no organismo.
  • Sorvete não é saudável – O sorvete é tão saudável quanto uma maçã, pois contém ingredientes e/ou nutrientes importantes para o organismo. Dentro de uma dieta equilibrada, o sorvete pode ser consumido diariamente. Os bons sorvetes têm cerca de 70% de leite em sua formulação e são ótimas fontes de cálcio.
  • Sorvete não é natural – Alguns, de fato, não são, mas muitos no mercado ostentam o selo “100% natural”. O sorvete, aliás, é um produto alimentício e saudável. Existe uma confusão com natural e industrial. Um não tem, necessariamente, ligação com o outro. A naturalidade ou não do produto está associada aos ingredientes, que podem ser naturais ou artificiais. Os bons sorvetes são preparados a partir de ingredientes naturais simples, como leite, frutas, chocolate e açúcar.
  • Sorvete é mais calórico que uma barra de chocolate ou outros snacks/doces – Nem sempre. Para se ter ideia, 3 bolas de um sorvete light de frutas têm a mesma quantidade de calorias que uma barra de cereal
  • Sorvete engorda – Depende do quanto e com o que você toma. Não culpe o sorvete. O conteúdo calórico de um sorvete é significantemente menor do que as pessoas acham. Sorvete, assim como qualquer outro alimento, deve ser consumido dentro de uma dieta equilibrada.
  • Sorvete é péssimo para quem acaba de operar as amídalas – Ao contrário, muitos médicos indicam o sorvete pois ele evita hemorragias no local.
  • Não se deve tomar sorvete depois da extração de um dente – Será? Sei não, hein? De acordo com o Dr Rafael Barbosa  de Brasília, a ideia é diferente do que dizem os mitos. Deve tomar o sorvete, porque a temperatura gelada faz com que aja contração dos vasos e com isso evite a hemorragia.

FRANQUIAS DE SORVETE

Existem atualmente mais de 50 operações de franquias de sorveteria espalhadas em todo território brasileiro. É um mercado que não para de crescer e tem se fortalecido apoiado na nova cultura de consumo que estamos vivendo. De acordo com a pesquisa da Euromonitor International no Brasil, o país detém 40% do mercado de sorvetes na América Latina, registrando um consumo de 5,3 litros por habitante/ano, mesmo não sendo muito grande em comparação com o consumo mundial, a tendência é que haja crescimento.

NOVIDADES NO SETOR DE SORVETES

Já que descobrimos que a diversificação e inovação são os principais pontos de atração e engajamento de clientes, 5 empresários do sul do país resolveram inovar mais uma vez. Já acostumados com o frio e os desafios do setor de sorvetes, criaram um modelo de franquias que pudesse operar no formato flet, ou seja sem variação, durante todo ano, sem os riscos de redução de receita no período frio, mantendo assim um faturamento contínuo durante todas as estações.

A franquia se chama Melt & Co, e opera no formato Self Service com sorvetes, açaí e fondue. O negócio foi desenvolvido para ser implantado em lojas de rua com 100m². A operação é nova e já estão com 2 lojas inauguradas e com 30 contratos assinados para implantação nos próximos meses.

O custo total da operação é de R$ 180 mil reais, incluindo a taxa de franquia. O retorno previsto é de 24 a 36 meses. O setor de sorvetes tem demonstrado que está maduro e que pode ser uma boa opção para empreender.

=======================================================================================================

Gostou do conteúdo que a gente trouxe? Então compartilhe com seus amigos e familiares. Publique em suas redes sociais e acompanhe o portal  Negócio e Franquia nas redes sociais. Pegue seu celular e siga a gente no Instagram e no Linkedin. Se inscreva no Canal do Youtube e assista nossos PodCasts na Rádio Super FM.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×