Home Empreendedorismo O empresário que passa o rodo em todo mundo

O empresário que passa o rodo em todo mundo

por Rodrigo Campelo
O empresário que passa o rodo em todo mundo

Quem já assistiu novela vai lembrar do que vou contar agora. Nas novelas o empresário é um cara rico, que passa o rodo em todo mundo, vende a mãe se for necessário para atingir o objetivo de ficar mais rico. não mede esforços para ter sucesso e poder.  Ele era sempre o vilão da história. 

Mas de vez em quando apareciam alguns empresários legais. normalmente eles não eram ricos, moravam na comunidade e quando apareciam em suas atividades, a postura era de um verdadeiro bobão, que era enganado por todos. 

Sempre foi o bem contra o mal ou melhor, o rico impondo seus poderes sobre os pobres. Ainda bem que isso tudo era só história de novela, por que na realidade é bem diferente. 

De acordo com o Sebrae, são mais de 17 milhões de pequenos negócios. que, juntos, representam 99% de todas as empresas do país. 

Um convite a mudar o jeito de pensar

Esqueça as novelas, esqueça os empresários vilões que você tem guardado em sua lembrança.  Vamos falar da importância dos pequenos negócios. É preciso que você entenda que ser empresário é bom e que empreender é ótimo.

Dos 17 milhões de empresas que falei a pouco, 7 milhões são micro e pequenas empresas e 10 milhões de micro empreendedor individual que são responsáveis por cerca de 30% do PIB e 52% de todas as carteiras assinadas no país.

A importância de um novo negócio

Quando um novo negócio começa, seja ele pequeno, médio ou grande, gera renda para funcionários, geram riqueza para que a prefeitura ou para o estado possam fazer algo novo para você.  Movimentam a economia local com a geração de empregos diretos e indiretos e dão a possibilidade de você cuidar da sua família. 

Foram muitos anos com essa história de bem e mal, entre o poder da riqueza contra os fracos.  Mas de um tempo para cá, temos observado algumas mudanças importantes nesse contexto. Eu te convido a fazer uma conta teórica, topa?

Temos 17 milhões de pequenos negócios, temos 14 milhões de desempregados. se cada um desses pequenos empresários pudesse contratar uma única pessoa, o que aconteceria com nossa taxa de desemprego?

Claro que não é tão simples assim, existem outros fatores que tornam essa conta um pouco mais complexa, como a localização dessas vagas, a capacitação necessária para executar um serviço entre outros. 

Fazer esse tipo de conta, demonstra que pode ser encontrado soluções para um problema que se arrasta a anos. Poucos ou nenhum politico olhou para os pequenos empresários, prefiro acreditar que nenhum autor de novela conhecia a importância dos pequenos negócios quando escreviam suas histórias fantasiosas.

Mas é importante lembrar que o pão que chega a sua casa, muitas vezes não é feito por uma grande empresa, mas por um pequeno negócio. 

Mudança de olhar

Então veio uma pandemia e o tal do isolamento social e fomos forçados a pensar no caos com o fechamento dos pequenos negócios. e hoje temos que fortalecer o espírito empreendedor.  Sem os pequenos negócios não temos empregos, não temos salários, não temos produtos dentro de casa. 

Uma coisa é certa a maioria dos empresários não são do tipo que passa o rodo em todo mundoTer um pequeno negócio é importante e tem feito políticos, influenciadores e pessoas comuns, como eu e você a repensar nossos conceitos  sobre ser empreender. 

=======================================================================================================

Gostou deste conteúdo? Visite o portal, e descubra que existem muitas informações importantes que podem te ajudar a tomar a melhor decisão na hora de empreender.  Compartilhe com amigos e familiares e siga a gente nas redes sociais. A Negócio e Franquias está no Instagram, no Linkedin.  Você pode se inscrever também no Canal do Youtube e assistir nossos PodCasts na Rádio Super FM.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×