Home Franquias Viver de Royaltie com renda passiva

Viver de Royaltie com renda passiva

Uma verdadeira história de conto de fadas que engana e prejudica o ambiente de franquias

por Rodrigo Campelo
0 comentário
Viver de Royaltie

Era uma vez, no reino encantado do mundo das franquias, uma ideia sedutora que muitos aspirantes a empreendedores sonhavam: viver de royalties com a ideia de receber uma renda passiva, simplesmente por permitir que outros usem sua marca e seu modelo de negócio, soa como um conto de fadas. Mas, como em qualquer história, nem tudo é tão simples quanto parece.

Viver de Royaltie com renda passiva

Imagem do Pixabay

Os royalties são uma forma de remuneração que os franqueadores recebem dos franqueados. Eles são calculados como uma porcentagem das vendas brutas ou líquidas do franqueado e são pagos em intervalos regulares, geralmente mensais. No entanto, existem muitas questões envolvendo os royalties, incluindo como eles são calculados, como são cobrados e como o seu funcionamento é regulado pelas leis de franquias.

A inadimplência é um dos dragões que os franqueadores precisam enfrentar. A inadimplência ocorre quando um franqueado não cumpre alguma obrigação financeira, como o pagamento de royalties. Isso pode desestabilizar a saúde financeira da franqueadora e causar desajustes em toda a rede.

Além disso, as vendas baixas podem ser um obstáculo difícil de superar. Uma queda significativa no faturamento pode significar várias coisas, como problemas no atendimento, falhas na gestão, divulgação ineficiente e até a presença de um novo concorrente na área.

banner

Resolvi escrever esse texto como forma de alerta. Como empreendedor no mundo das franquias, franqueado, especialista em repasse de franquias e Coordenador de Especialização da PUC Minas, posso afirmar categoricamente que  “não existe milagre no mundo das franquias”. O sucesso no mundo das franquias requer trabalho árduo, planejamento estratégico, gestão eficaz e, acima de tudo, paciência, reforça.

Um conto de fadas que engana quem não conhece

Embora a ideia de viver de royalties possa parecer um conto de fadas, a realidade é muito mais complexa. É essencial que os aspirantes a franqueadores estejam cientes dos desafios que enfrentarão e estejam preparados para enfrentá-los. Afinal, mesmo nos contos de fadas, os heróis têm que enfrentar e superar obstáculos antes de alcançar seu “felizes para sempre”.

Mesmo com esses desafios, o mundo das franquias ainda tem muito a oferecer. A possibilidade de expandir um negócio com um investimento inicial relativamente baixo, a oportunidade de aproveitar a reputação e o reconhecimento de uma marca estabelecida e a chance de se beneficiar do suporte e da orientação de uma franqueadora experiente são apenas algumas das vantagens que atraem muitos empreendedores para o setor de franquias.

Mas, como em qualquer empreendimento, é importante entrar no mundo das franquias com os olhos bem abertos. Isso significa fazer uma pesquisa cuidadosa, entender completamente os termos do contrato de franquia e estar preparado para investir tempo, esforço e recursos para fazer o negócio funcionar.

O objetivo atraente que pode te levar o seu sonho para o buraco

Viver de Royaltie com renda passiva

Imagem de Abigail Tan por Pixabay

O mais importante, é essencial lembrar que, embora viver de royalties possa ser um objetivo atraente, o verdadeiro sucesso no mundo das franquias vem de construir um negócio sólido e sustentável que ofereça valor aos clientes e recompensas aos proprietários. Como em qualquer conto de fadas, o caminho para o “felizes para sempre” pode estar cheio de desafios, mas com trabalho duro, determinação e um pouco de magia empresarial, é um objetivo que pode ser alcançado.

Então, da próxima vez que você ouvir alguém falar sobre viver de royalties no mundo das franquias, lembre-se de que, embora possa parecer um conto de fadas, a realidade é muito mais complexa. E, como em qualquer conto de fadas, o verdadeiro sucesso vem não apenas de alcançar o final feliz, mas também de superar os desafios ao longo do caminho.

A realidade nua e crua

Para ficar claro é importante que você saiba que não é uma verdade que os franqueadores vivam apenas de royalties. Trazer a ideia de que isso é uma realidade é perigoso e pode atrair olhar de muitos empreendedores que não estudam de forma adequada o negócio e acredita em meias verdades.

Mesmo a ABF não tendo o poder de polícia e de restrição, por se tratar de uma associação, o que mais surpreende é que ainda não tenha tomado ainda,  nenhuma decisão com o intuito de impedir que temas como esse sejam divulgados amplamente pela internet, e com participação algumas vezes de seus associados. Espera-se que a comissão de ética da entidade fique atenta e acompanhe de perto.

O que vejo é que provavelmente acontecerá  é uma retaliação contra o portal Negócio e Franquia e não contra quem comete essa divulgação tão desequilibrada e que pode comprometer um trabalho sério que vem sendo desenvolvido pela associação há mais de 30 anos, Se posso dar uma dica  para você que pretende se tornar franqueador é “Não acredite que viverá apenas de royalties como receita passiva”.

Se gostou deste conteúdo, compartilhe e indique para leitura. Criamos um portal para trazer muitas informações importantes e te ajudar a tomar a melhor decisão na hora de empreender. Não se esqueça. Compartilhe com amigos e familiares e siga a gente nas redes sociais. A Negócio e Franquia está no Instagram, no Linkedin. Você pode acompanhar no canal do Spotify e até mesmo baixar as músicas do Playlist do empreendedor. Se inscreva no Canal do Youtube e acompanhe a coluna independente na FM O Tempo.

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais