Home Economia Ser Empregado ou buscar a realização profissional?

Ser Empregado ou buscar a realização profissional?

por Fernando Inocente

Ser empregado ou buscar a realização profissional? Histórias inspiradoras são sempre bem-vindas, ainda mais em um período de tantas incertezas como este. Empresário aposta no segmento de segurança eletrônica e fatura mais de R$ 700 mil por ano e prova que se por um lado cresce o número de pessoas demitidas, há também as que pediram demissão e hoje estão muito bem, não apenas na questão financeira, mas, também na realização profissional.

É o caso do empresário, André Augusto Prestes, de Sorocaba, cidade do interior de São Paulo, que depois de trabalhar por muitos anos na administração de grandes empresas, há dois anos resolveu apostar em uma franquia especializada em segurança eletrônica, a SuperSeg Brasil, e hoje fatura mais de R$ 700 mil por ano. “Ainda estamos muito atrasados em alguns aspectos em comparação a outros países. No entanto, com a popularização dos equipamentos de segurança, o Brasil tem muito a crescer neste segmento.”

Ser Empregado ou buscar a realização profissional?

Foto divulgação

E ele tem razão. De acordo com a Abese (Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança), o mercado cresce em média 8% ao ano e, em 2019, chegou aos dois dígitos, registrando um aumento de 10% e com faturamento bruto de mais de R$ 7 bilhões.

Graças a este cenário, Prestes, mesmo com o atual cenário, permanece otimista e estipulou metas ousadas para os próximos 12 meses devido ao sucesso de sua primeira unidade. Dentre elas, a expansão para outras cidades. “Queremos dobrar o faturamento da loja que já temos e estamos em negociação para a abertura de mais duas unidades. Em breve, acredito que teremos novidades”, comenta.

Ainda tem dúvida se deve ser empregado ou buscar a realização profissional?

Conheça o Raio X da SuperSeg Brasil: 

  • Ano de fundação: 2016
  • Ano no franchising: 2017
  • Formatos oferecidos: loja de rua
  • Unidades próprias: 01
  • Unidades franqueadas: 26
  • Investimento total: de R$ 70 mil a R$ 80 mil
  • Taxa de franquia: R$ 35 mil
  • Capital de giro: De R$ 24 mil a R$ 35 mil
  • Área média para instalação: a partir de 30m2
  • Quantidade de funcionários: 03
  • Royalties: dois salários mínimos
  • Taxa de publicidade: meio salário mínimo
  • Faturamento médio: R$ 45 mil
  • Lucratividade: entre 20% e 25%
  • Prazo de retorno médio: entre 14 meses e 18 meses

Acompanhe o portal Negócio e Franquia e fique por dentro. Se é um bom negócio, passa por aqui. Siga a gente no Instagram, no Linkedin, no nosso canal do Youtube e ouça nossos podcasts na Rádio Super FM 91,7.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×