Home Brasil Como escolher o imóvel para começar o negócio

Como escolher o imóvel para começar o negócio

por Redação
Como escolher o imóvel para começar o negócio

Quando você está em busca de um espaço para um escritório e procurando por imóveis em Belo Horizonte, o número de fatores que cercam a busca por um ambiente de trabalho adequado pode tornar o processo bastante assustador. Trouxemos 6 dicas para escolher o imóvel para começar o negócio e ter mais tranquilidade para encontrar e alugar um espaço de escritório, loja que atenda às necessidades e que estejam dentro do seu orçamento. Pode até parecer empolgante, mas muitas vezes pode se tornar algo estressante para quem está começando o próprio negócio.

Mas não precisa ser assim. Você precisa satisfazer as necessidades atuais de seu negócio inicial enquanto olha para o futuro, certificando-se de que onde quer que você escolha seja econômico e bom para o moral da equipe, além de refletir com precisão a imagem de sua marca. Aqui estão algumas dicas para encontrar o espaço de escritório perfeito para sua empresa ou startup:

Dica 1 –  Saiba o quanto de espaço você precisa Existem, muitos métodos simples e eficazes que você pode usar para aproveitar ao máximo o espaço limitado disponível para você – como a instalação de armários e prateleiras como uma solução de armazenamento que economiza espaço – mas a prioridade deve, é claro, ser garantindo que sua equipe tenha o espaço necessário para trabalhar com eficácia.

Se você estiver fazendo upgrade para um escritório novo e aprimorado, o tamanho será, sem dúvida, uma de suas principais preocupações – especialmente quando se trata de dar espaço para que sua empresa cresça. Normalmente, uma boa regra prática é fazer um orçamento de cerca de 50 metros quadrados para cada quatro a seis funcionários. Dependendo do layout, você deve ser capaz de acomodar todos confortavelmente usando essa fórmula básica.

Dica 2 – Seja atencioso com seus funcionários Escolha seu local com sabedoria! A primeira coisa que você precisa pensar ao
buscar uma sala comercial em Belo Horizonte é onde está situado o seu novo espaço de escritório, já que a última coisa que você vai querer são os clientes lutando com o Waze para encontrar esse lugar ou tendo dificuldade para estacionar. Você também vai querer ter certeza de que o seu espaço se destaca pelas razões certas, tornando os arredores atraentes outro fator que pode ter um papel importante no seu processo de tomada de decisão – e isso inclui encontrar um espaço que deixe entrar muita luz natural. Quando se trata de retenção de funcionários, é melhor escolher um escritório e um local onde os funcionários possam se deslocar facilmente – caso contrário, eles podem decidir procurar um emprego mais perto de casa.
Mapeie onde seus funcionários moram e, a partir daí, procure um espaço de escritório que seja relativamente conveniente para cada um viajar regularmente. Encontrar um local centralizado é a consideração mais importante no processo.
Se você tornar mais fácil para todos chegarem lá, você reterá mais talentos, existentes e futuros.

Escolha um local que lhe dê mobilidade

Dica 3 –  Esteja aberto para sublocação de um escritório Se você está apenas começando a gerar receita, mas seu negócio não é lucrativo ainda, talvez não tenha o suficiente no banco para convencer o proprietário a alugar um espaço comercial para você por períodos mais longos, num ponto acessível a você, seus funcionários e clientes. Se este for o seu caso, subloque seu primeiro espaço de escritório em algum ponto comercial em BH. As sublocações de prazo mais curto costumam ocorrer mês a mês e, mais raramente, semana a semana. Alguns também podem durar um único ano. Se você ainda está firme no modo de crescimento, a sublocação é uma das opções melhores e mais realistas.

Dica 4 –  Conte com um agente imobiliário em quem você confia e recomendaria Prefira a cautela e não trabalhe com um corretor de imóveis que nunca encontrou com sucesso um espaço de escritório para alguém que você conhece. Semelhante a quando você muda para algum lugar novo e procura um novo médico, você não gostaria de deixar algo tão importante ao acaso. Depois de reunir recomendações pessoais, se achar necessário, tenha alguns cuidados adicionais. Procure os corretores no LinkedIn e em sites como o Reclame Aqui. Visite redes sociais como o Facebook e o Instagram, e veja o que ex-clientes estão falando sobre eles online. Visite a página do CRECI e pesquise pelo nome ou pelo registro da categoria. NUNCA FECHE NEGÓCIOS COM CORRETORES NÃO REGISTRADOS. O maior prejudicado pode ser você e o seu negócio. Não dá para dizer quantos agentes estão por aí que fazem promessas que não cumprem. Opte por alguém em quem você e sua rede confiam desde o início e você evitará se queimar.

Dica 5 – Considere iniciar em um espaço de trabalho compartilhado Os coworkings estão em alta.  Por quê não tentar? Esta é provavelmente sua melhor aposta se você estiver trabalhando com um orçamento apertado e precisar de um acordo flexível e de custo mais baixo. Você estará perto de outros tipos de empresas ou startups que pensam da mesma forma e, se suas necessidades mudarem, mesmo de repente, você sempre pode voltar para a garagem em um piscar de olhos. Dependendo do local específico de coworking, você pode alugar uma variedade de espaços – de ambientes amigáveis ​​à equipe, a mesas individuais dedicadas, a salas de reunião inteiras – por hora, semana ou mês, ou mesmo indefinidamente.

Dica 6 –  Certifique-se de não cair nas mãos de um locador difícil de lidar. Proprietários ruins estão do mesmo lado de chefes ruins. Eles podem tornar sua vida – e a vida de seus funcionários – um verdadeiro purgatório. Para garantir que você ternha um locador que é profissional e joga limpo, converse com os inquilinos do prédio (ou acordo de parceria) em que está pensando em alugar um espaço. Você não quer se mudar para um prédio ou para uma loja em que uma lâmpada ou algo pior sai e o proprietário nunca conserta ou gruda com você, além de não ter retorno sobre materiais e/ou custos de manutenção. Fique sempre atento!

Dica 7 –  Saiba que tudo é negociável, até o aluguel. Não existem regras rígidas e rápidas quando se trata de pregar um espaço de escritório. Por exemplo, só porque o aluguel de um escritório está listado como R$ 5.000 por mês não significa que seja realmente R$ 5.000 reais por mês. Você sempre deve negociar o aluguel abaixo de 5 a 20 por cento abaixo do preço anunciado. Você ficará surpreso com quantas pessoas estão dispostas a baixar o preço, especialmente neste período em que o país tem enfrentado dificuldades de circulação da economia por conta da crise de coronavírus. 

Dica Bônus: para começar seu negócio, você pode até pedir alguns meses de aluguel grátis, dependendo da situação do mercado. Por exemplo, para cada ano em que você assina um contrato de aluguel, você pode ganhar o aluguel de um mês sem nenhum custo. Portanto, se você estiver em um contrato de um ano, solicite um mês de aluguel grátis. Para um aluguel de dois anos, peça dois meses sem aluguel. Embora possa parecer bom demais para ser verdade, isso é algo que os corretores de imóveis comerciais fazem o tempo todo. E não há razão para que você não possa fazer isso também. O pior que pode acontecer é você receber um não. Pelo menos, não custa tentar, não é mesmo?!

Esse texto foi produzido em parceria com o a Chaves na mão. Gostou destas dicas? Compartilhe este post em suas redes sociais!

=======================================================================================================

Acompanhe o portal  Negócio e Franquia nas redes sociais. Pegue seu celular e siga a gente no Instagram e no Linkedin. Se inscreva no Canal do Youtube e assista nossos PodCasts na Rádio Super FM.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×