Home Tecnologia e inovação Origem, desenvolvimento e atualidade das startups

Origem, desenvolvimento e atualidade das startups

por Gabriela Castro
Origem, desenvolvimento e atualidade das startups

Sem dúvidas você conhece ou já deve ter ouvido falar sobre Startups em algum lugar, seja na televisão, na internet, ou em algum outro veículo de comunicação. Mas você realmente sabe o que é uma Startup? Vamos falar sobre Origem, desenvolvimento e atualidade das startups e como algumas nomenclaturas ou a utilização de termos em inglês, podem fazer com que o entendimento pleno do que é uma Startup se torne complicado, mas não se preocupe, estamos aqui justamente para descomplicar tais coisas.

Startup significa o ato de começar algo, normalmente relacionado com companhias e empresas que estão no início de suas atividades e que buscam explorar atividades inovadoras no mercado. Sendo assim, empresas Startups buscam a inovação em qualquer área ou ramo de atividade, procurando desenvolver um modelo de negócio escalável e que seja repetível.

Desse modo, um modelo de negócio é a forma como a empresa gera valor para os clientes e um modelo escalável e repetível significa que, com o mesmo modelo econômico, a empresa vai atingir um grande número de clientes e gerar lucros em pouco tempo, sem haver um aumento significativo dos custos.

A utilização do termo Startup, para designar empresas recém-criadas e rentáveis, começou a ser popularizado nos anos 90, quando houve a primeira grande “bolha da internet”. Nessa época, muitos empreendedores com ideias inovadoras e promissoras, principalmente associadas à tecnologia, encontraram financiamento para os seus projetos, que se mostraram extremamente lucrativos e sustentáveis.

Naquele período, grande parte da explosão de empresas startups surgiu no Vale do Silício (Silicon Valley), uma região da Califórnia, nos Estados Unidos, de onde saíram empresas como por exemplo, Google e Microsoft, exemplos de startups que hoje estão fortemente solidificadas e são líderes nos seus setores de atuação no mercado.

No Brasil, as primeiras empresas a seguir o modelo startup começaram a aparecer no começo do século XXI, sendo que a partir de 2010 este ramo apresentou um crescimento vertiginoso, de acordo com dados da Associação Brasileira de Startups – ABStartups.

Já no que se trata da atualidade, 2020 foi um ano complicado e marcado pela pandemia da Covid-19 e a crise em vários setores, desencadeada pela doença. Entretanto, mesmo com a crise, 2020 se consolidou como o ano das startups, segundo o levantamento “Inside Venture Capital Brasil”, realizado pela empresa de capital aberto, Distrito, que evidenciou que os investimentos em startups brasileiras acumularam até novembro, o valor de U$$ 2,87 bilhões. Sendo assim, a expectativa para 2021, na opinião geral de especialistas, é de que seja um ano ainda melhor para o segmento das startups, que continuam em ritmo de crescimento e consolidação no mercado.

=======================================================================================================

Material produzido pela FCJ VENTURE BUILDER. Acesse nossas redes sociais, acompanhe a gente no portal Negócio e Franquia e fique por dentro. Semanalmente o canal da FCJ traz conteúdos que são importantes para a sua tomada de decisão.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×