Home Tecnologia e inovação Como buscar apoio financeiro para as startups Nordestinas

Como buscar apoio financeiro para as startups Nordestinas

por Cleo Gomes
apoio financeiro

Você já pensou em como buscar apoio financeiro para as startups que estão atuando no nordeste? Embora o modelo não se limite apenas a negócios digitais, a startup necessita de inovação para não ser considerada uma empresa de modelo tradicional. Além disso, precisa de suporte, financiamento, apoio e assessoria para colocar em prática as ideias pensadas para o mercado. E o nordeste está borbulhando de empresas com essa pegada.

O mercado de startups está a todo vapor, O estado da Bahia ocupava a oitava posição em quantidade de startups no Brasil,  mas agora é a líder e ocupa a posição de número 1. É a primeira na região nordeste, conforme os dados Associação Brasileira de Startups (Abstartups).

NO NORDESTE

O modelo é tão dinâmico que o estado da Bahia conta com cerca de 252 startups cadastradas. 23% delas estão com os olhos para a educação, 18,2% para a saúde e 10,8% com o radar apontado para desenvolvimento de plataformas digitais. Cabe dizer que 35,7% das startups nordestinas estão na fase de validação, 20,4% em tração e 19% em operação.

As cidades do nordeste que encabeçam o polo de tecnologia são No Ceará o movimento não é diferente. Em 2019 cresceram mais de 36%

NO NORTE

Ter um apoio financeiro para empresas que estão iniciando é o sonho de todo empresário, seja ele tradicional ou de startups. Mais do que isso, é crucial para o desenvolvimento e capacidade de expandir. Na maioria das vezes, os empreendedores tem excelentes ideias, mas pouco recursos para colocarem em prática. Cabe dizer que muitas vezes essas empresas não tem lastro ou documentação necessária para conseguir linhas de crédito tradicionais.

Para isso essas empresas inovam além do desenvolvimento do modelo de negócios, na busca de investimentos financeiros. Uma sopa de letrinhas, PITT, Vaquinha coletiva, Investidor anjo são termos comuns para quem está nesse ambiente.

Onde encontrar apoio financeiro para startups do Nordeste?

apoio financeiro

Prepare um bom MVP e abuse dos métodos ágeis

Os bancos não estão preparados para apoiar projetos de startups. Para eles o projeto precisa estar num processo muito maduro o que dificulta a captação de recursos.

É fato que algumas empresas em seus anos iniciais normalmente necessita de um empurrão, um auxilio financeiro. Isso não é descrédito ou algo que se deva envergonhar. É normal e muito mais comum do que se pode imaginar.

Para apoiar essas necessidades e suportar projetos que são interessantes, o mercado se organizou e criou algumas formas alternativas para atender as mais diferentes demandas. Percebendo a necessidade de aproximação dessa turma digital, alguns bancos tradicionais também desenvolveram caminhos para auxiliar negócios que ainda estejam em fase inicial. Entretanto não é um recurso fácil e as cobranças e burocracias continuaram sendo as mesma, o que torna o acesso a esse recurso muito complexo e demorado.

Criar algo novo que nunca foi pensado gera dúvidas e causa receio. Não são apenas as startups nordestinas que passam por esse tipo de desafio. O que tem mudado nos últimos tempos tem sido a conduta das pessoas que apoiam esse tipo de iniciativa.

Vamos descobrir como buscar dinheiro com quem apoia ideias e projetos inovadores? O primeiro passo é estruturar bem o seu MVP.  Se você ainda não sabe o que significa, aprenda que o MVP é a versão simplificada de um produto final da sua startup. Utilize métodos ágeis para dar mais segurança e alinhamento de ideias sobre o seu projeto. Descubra como buscar apoio financeiro para as startups Nordestinas:

Financiamento Coletivo

Está começando a ganhar espaço no Brasil, o principal objetivo é contribuir para outros poderem viabilizar a sua ideia. Dessa forma, é interessante salientar que qualquer pessoa pode contribuir nesse tipo de financiamento, esse método é muito utilizado por artistas, ativistas sociais, estudantes, empreendedores, está em constante crescimento essa modalidade, já que fora do Brasil essa prática já é conhecida e bastante utilizada.

Investidor Anjo

Os anjos, como são chamados os empreendedores que investem recursos nas startups em troca de obter participação nos negócios. Os investidores buscam o desenvolvimento da empresa já que é de seu interesse, por isso, além de fornecer recurso, os anjos ainda oferecem uma excelente contribuição para o desenvolvimento do modelo de negócio.

Incubadoras

São organizações desenvolvidas para auxiliar nos primeiros passos dos negócios. Dessa forma, as incubadoras procuram oferecer o ambiente necessário para o amadurecimento do produto e dos empreendedores. No entanto, é necessário compreender a relevâncias das incubadoras, já que elas servem como impulsionadores de ideias e aumentam significativamente as chances de sucesso, contribuído com orientações e aperfeiçoamentos, o período de incubação de uma empresa é de no máximo três anos, comumente oferecidos por universidades e outras entidades.

Aceleradoras

Atua de forma similar que as incubadoras porém elas possuem fins lucrativos e possui recursos para auxiliar o empreendedor a implantar a sua ideia no mercado. Além de tudo, visa contribuir com o negócio de maneira escalável durante três a oito meses. As aceleradoras tem a função de proporcionar conhecimento necessário para que o empreendimento comece a ter um retorno financeiro, alavancando o plano de negócio, as maioria das aceleradoras são formadas por empreendedores e investidores.

As universidades são lugares excelentes para buscar conhecimento e meios de desenvolvimento de projetos através das incubadoras. Por isso, antes de buscar o melhor jeito para viabilizar os projetos é necessário ter um modelo de negócio bem estruturado e muitos estudos para garantir a viabilidade, porque se não existir algo estruturado, possivelmente existirá dificuldades para a implementação da ideia.

Cenário Nordestino das startups

A partir de 2013 as startups tiveram um grande crescimento na região Nordeste, porém existem pouco investidores nos setores público e privado, o que acomete com evasões dessas empresas para os grandes centros, localizados na região Sudeste.

Contudo, essa tendência tem cada vez mais chances de acentuarem e a realidade modificar, através de ideias de bons profissionais, startups cada dia mais arrojada e projetos tecnológicos atraente, como é o caso da Paraíba, segundo o Sebrae, é a região com um crescimento  bem acentuado desse seguimento no Nordeste, ficando em terceiro lugar no mapeamento regional.

Entendeu como buscar apoio financeiro para startup? Vale ressaltar, que o Nordeste é berço de muitos projetos interessantes e que necessitam de um olhar atento, já que a criatividade é um fator enraizado na cultura e deve ser levado em consideração na hora de apostar em algum projeto.

=======================================================================================================

Gostou deste conteúdo? Visite o portal, e descubra que existem muitas informações importantes que podem te ajudar a tomar a melhor decisão na hora de empreender.  Compartilhe com amigos e familiares e siga a gente nas redes sociais. A Negócio e Franquias está no Instagram, no Linkedin.  Você pode se inscrever também no Canal do Youtube e assistir nossos PodCasts na Rádio Super FM.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×