Home Franquia Lojas Renner sofrem ataque cibernético

Lojas Renner sofrem ataque cibernético

por Rodrigo Campelo
Lojas Renner sofrem ataque cibernético

A rede varejista Lojas Renner sofrem ataque cibernético na última quinta-feira (19) que afetou parte de seus sistemas e de sua operação. De acordo com a empresa, por volta das 18h45 (horário de Brasília), o site da empresa, usado como uma loja virtual, não permitia acessar produtos.

Além da loja virtual, o portal que contém informações institucionais focado no atendimento aos investidores, também permaneceu fora do ar. Além dos portais, os aplicativos apresentaram instabilidade, não deixando os consumidores carregarem as páginas.

Em comunicado ao mercado, a companhia afirmou que as informações em seus principais bancos de dados foram preservadas e que a operação nas lojas não foi afetada.

Lojas Renner sofrem ataque cibernético

informou ainda que a companhia tem atuado para mitigar os efeitos do ataque e que a maior parte das operações já foram restabelecidas, com os principais bancos de dados preservados. Além disso, a Lojas Renner afirmou que suas lojas físicas não tiveram as atividades interrompidas.

Por que ocorrem ataques cibernéticos

Um ataque cibernético é uma tentativa de hackers de danificar ou destruir uma rede ou sistema informático. Geralmente, consiste em uma violação de dados, que é quando dados sensíveis ou confidenciais foram vistos, usados ​​ou roubados por uma pessoa não autorizada. Um ataque cibernético pode assumir a forma de roubo de identidade, vírus, malware, fraude ou extorsão.

Embora muitas empresas acreditem que não serão atacadas, ainda assim vale a pena o investimento. A CSO informou em 2021 que os custos do crime cibernético deverão atingir 6 trilhões de dólares de perdas no ano. É uma ameaça grave e não deve ser ignorada.

De acordo com os dados do relatório de inteligência global CSO, 5% dos entrevistados informaram que foram atacados tiveram uma paralisação total de seus negócios e 12% admitiram ter sofrido um impacto econômico “massivo”.

A pesquisa também descobriu que 60% das organizações no setor de serviços públicos sofreram danos econômicos de um ataque cibernético, o maior entre todos os segmentos da indústria. Serviços de utilidade públicos e empresas de energia também apresentaram maior probabilidade de relatar roubo de propriedade intelectual, 43%. As empresas de atacado e varejo eram as mais propensas a relatar perda de PII, em 58%.

Fique atento. Embora os ataques cibernéticos sejam geralmente direcionados para empresas, você pode ser o escolhido para ter dados roubados. Os vírus ocorrem aleatoriamente e são muito mais comuns do que se imagina. Embora um vírus não possa criptografar os seus dados, eles podem roubá-los e infectar o seu computador, diminuindo a produtividade.

=======================================================================================================

Gostou deste conteúdo? Visite o portal, e descubra que existem muitas informações importantes que podem te ajudar a tomar a melhor decisão na hora de empreender.  Compartilhe com amigos e familiares e siga a gente nas redes sociais. A Negócio e Franquia está no Instagram, no Linkedin.  Você pode acompanhar no canal do Spotify e até mesmo baixar as músicas do Playlist do empreendedor. Se inscreva no Canal do Youtube e acompanhe a coluna independente na Rádio Super FM.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×