Home Franquia Track & Field estreou na bolsa

Track & Field estreou na bolsa

por Rodrigo Campelo
Track & Field estreou na bolsa

Track & Field estreou na bolsa de valores (IPO) com o valor abaixo do esperado. A abertura de capital vem depois de 20 anos de atuação no segmento varejista com lojas próprias e franquias. Para quem não sabe, a Track&Field é uma marca brasileira especialista em moda esportiva e tem se destacado pela alta tecnologia de seus produtos, focado no conforto e na otimização da performance do esportista.

Com 231 lojas, entre próprias e franquias, além de e-commerce, a Track & Field teve em 2019 receita líquida de R$ 275 milhões, alta de 14% sobre o ano anterior. O lucro cresceu 26,4% chegando a R$ 51,1 milhões de reais. Na sua linha estão peças femininas, masculinas e infantis, como camisetas, tênis, leggings e shorts, além de acessórios como bolsas e bonés.

A empresa de produtos e serviços esportivos de alta tecnologia nasceu em 1988 pelos empresários Alberto Azevedo, Fred Wagner e Ricardo Rosset. A marca registrada da companhia é a combinação da sua atuação no varejo, com eventos e experiências esportivas, que podem ser experimentadas nas lojas próprias e franqueadas.

Track & Field e a Expansão

Track & Field entra na Bolsa

O quiosque com 20m² tem como objetivo aumentar a experiência esportiva

Com o objetivo de expandir no segmento de franquias no estado de Minas Gerais, a Track & Field, lança novo modelo de franquia: o quiosque.  A Smart Store, é o primeiro quiosque da rede e foi inaugurado no aeroporto de Confins na região metropolitana de Belo Horizonte.

Instalado na área de embarque do aeroporto, a unidade tem 20 metros quadrados e uma exigência: fortalecer a experiência do cliente com o esporte. Para isso, o espaço disponibiliza mix de produtos para prática esportiva, com acessórios, destaques da linha básica, além de um ambiente estruturado como provador.

Os clientes também encontram o serviço At-Home, no qual é possível realizar uma compra de determinado item através do estoque do e-commerce, caso não haja disponibilidade do produto na loja. O pagamento é feito na unidade, e o cliente recebe a compra em casa ou em outro endereço escolhido. O novo modelo de negócio ainda conta com dois painéis de led, onde são veiculados filmes e campanhas da marca. Em Minas Gerais a marca conta com 23 pontos de venda.

Track & Field na Bolsa de Valores (IPO)

A Track & Field estreia na bolsa com oferta inicial de ações (IPO) a R$ 9,25 por ação, abaixo do que foi projetado e estimado pelos coordenadores da oferta. Acreditavam que a venda inicial seria entre R$ 10,65 e R$ 14,95 cada, conforme informações da CVM – Comissão de Valores Mobiliários. Ficou acordado que a empresa não será listada no Novo Mercado, segmento com regras mais rígidas de governança da bolsa paulista.

A operação da rede de lojas de artigos esportivos e moda praia movimentou R$ 523 milhões, somando os R$ 340,6 milhões correspondentes a ações detidas por sócios e R$ 182,4 milhões referentes a ações novas, cujos recursos irão para o caixa da empresa. A operação envolveu a venda de ações preferenciais, em vez de ordinárias. No prospecto, a empresa afirmou que seu estatuto prevê que todas suas ações têm direito a voto, com as PNs detendo direito econômico 10 vezes maior que o das ações ON.

=======================================================================================================Acompanhe o portal  Negócio e Franquia nas redes sociais. Pegue seu celular e siga a gente no Instagram e no Linkedin. Se inscreva no Canal do Youtube e assista nossos PodCasts na Rádio Super FM.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×