Home Franquias Franquia e franqueado: a arte de negociar

Franquia e franqueado: a arte de negociar

por Fernando Inocente
0 comentário
Franquia e franqueado: a arte de negociar

Nos últimos meses, desde que a pandemia do COVID-19 atingiu em cheio o País, as relações, pessoais e profissionais vêm sendo cada vez mais testadas. O ambiente de negócios entre franquia e franqueado tem sido exaustivamente testado na arte de negociar.

Esse aprendizado não se restringe apenas ao ambiente de trabalho, mas tem sido colocado a prova em casa, com a família, e muito mais no ambiente corporativo, mesmo que virtualmente, diante desta nova rotina.

O que deve ser observado

No mundo das franquias, o verbo negociar vem sendo conjugado à exaustão entre o franqueado e o franqueador. Afinal, para muitos negócios, a queda de faturamento foi gritante, mas as obrigações contratuais permanecem.

Franquia e franqueado: a arte de negociar

Advogada Camila de Abreu Pinto

A advogada, Camila de Abreu Pinto, do escritório EVI Sociedade de Advogados, de São Paulo, SP, ressalta que embora no final de 2019 tenha sido publicada a Nova Lei de Franquias (Lei 13.966, de 26 de dezembro de 2019), a qual entrou em vigor em março deste ano, ela não traz meios e métodos a serem adotados pelas franquias e seus franqueados para o enfrentamento de situações totalmente atípicas como esta, regulando, apenas, os deveres e as obrigações das partes, referentes às normas a serem seguidas para a abertura e manutenção do negócio. “Mediante a ausência de previsão de medidas a serem tomadas na atual situação, devemos observar a melhor forma para que haja uma solução equilibrada a fim de que nenhuma das partes seja prejudicada nesta relação comercial”, comenta a advogada, ao aconselhar que, primeiramente, haja uma conversa franca entre o franqueado e a franqueadora para que ambos possam se adequar a atual realidade, estudando o cumprimento das obrigações.

banner

De acordo com Camila, é preciso observar que se após o fechamento do ponto físico do franqueado, ele realmente teve uma diminuição considerada do seu rendimento, o que o impossibilita a cumprir com as obrigações assumidas em contrato. “Muitas franquias estão direcionando e incentivando seus franqueados ao modelo do e-commerce, o que vem sendo uma medida inteligente para salvar o negócio dos dois lados. No entanto, nem todas as franquias conseguem focar o seu business para este canal.”

Franqueadores e franqueados treinam a arte de negociar

Segundo ela, se após a análise for verificada a impossibilidade real do pagamento integral, é o momento de analisar quais as obrigações que os franqueados possuem com as franquias que podem ser negociadas, suspensas ou reduzidas. “A taxa de publicidade é uma das que podem entrar neste pacote, por exemplo, assim como a taxa de franquia, geralmente quitada na integralidade no momento da inauguração, e os royalties”, afirma, ao explicar que deve-se também analisar se com o fechamento dos comércios, o faturamento vem sendo afetado de maneira grave ou se há algum impacto na veiculação de propaganda e marketing oferecido pela franquia aos seus franqueados, para que a relação seja igualitária e possa perdurar após este período. “Todos os valores podem ser revistos e analisados de maneira isolada. Assim, é possível manter um equilíbrio contratual, sem onerosidade para qualquer parte”, finaliza.

========================================================

Acompanhe a gente nas redes sociais. Siga a gente no Instagram e no Linkedin. Se inscreva no Canal do Youtube e assista nossos PodCasts na Rádio Super FM.

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais