Home Gestão Como funciona o marketing em uma franquia

Como funciona o marketing em uma franquia

por Redação

Hoje, muitas pessoas costumam optar por contratar franquias ou estabelecer um negócio junto a marcas já conhecidas. Junto a isso, deve vir a aplicação do marketing em uma franquia, aumentando a chance de crescimento do comércio. No que diz respeito ao marketing, a divulgação de uma franquia funciona da mesma forma que em qualquer outro modelo de vendas.

Contudo, é preciso ressaltar que podem haver dois níveis de atuação, uma considerando a franqueadora e a divulgação geral do negócio, e uma ação “micro”, voltada a cada loja, sendo adequada pelo gerente do estabelecimento e tendo foco – geralmente – na região de atendimento.

Assim sendo, os processos de marketing devem fazer parte do trabalho para ampliar a atuação e oportunidade de negócio, tendo regras iguais para cada franqueado.

No mundo acelerado da internet, não há como ficar de fora desse movimento, seja na venda de lanches vegetarianos ou de uma rede de fornecedores de energia solar que divulga sua solução online.

Portanto, confira abaixo como o marketing em uma franquia pode ser aplicado para alcançar potenciais clientes do seu negócio de forma mais efetiva e qualificada.

Alinhamento entre franquia e franqueado

Como funciona o marketing em uma franquiaAntes de mais nada, é preciso conhecer os dois tipos de ações de marketing presentes em um modelo de franquia.

Primeiramente, há um modelo institucional, diretamente relacionado à marca original e feito com recursos do Fundo de Propaganda. 

O segundo formato diz respeito à ação local, sob o domínio total do franqueado.

Em ambos os casos, a ideia deve ser discutida e alinhada entre as partes, visando fortalecer o reconhecimento de marca, alcançando novos potenciais consumidores tanto enquanto rede como para cada estabelecimento, mantendo um padrão.

Além disso, é preciso considerar que, se tratando de uma rede de franquias, é importante considerar que o calendário de postagens, campanhas e promoções individuais podem precisar ser discutidos com a franqueadora, definindo ações únicas para datas sazonais e aberturas para o franqueado atuar nas demais datas.

Por fim, cabe ressaltar que o posicionamento, identidade visual, ambientação, cenário, entre outros pontos devem ser aplicados na franquia e ações de marketing no caso de ações unificadas. Afinal, um canal deve fortalecer o outro e criar uma identidade única.

Planejando o marketing 

Para começar a aplicar o marketing, é necessário primeiro realizar um plano de estudos que envolva o campo de atuação da marca, os concorrentes, o público e contexto da marca.  Um plano de marketing pode ser feito a partir de três pontos principais.

  • O primeiro ponto consiste nos princípios da empresa. As motivações entendidas pelos donos para oferecer os produtos para os clientes. 

Contudo, a concentração das estratégias não deve ocorrer apenas em relação aos produtos, mas sim na experiência e solução que ele oferece para quem compra.

Ao transmitir os diferenciais e importância da solução, é possível fazer com que o cliente não se preocupe apenas com o piso líquido preço, mas com a experiência e diferença que esse item pode causar no cômodo. 

Esse é um passo fundamental para a transformação do cliente em um consumidor fiel da marca.

  • O segundo ponto diz respeito ao produto em si. Afinal, os diferenciais do que comercializa também devem ser evidenciados e colocados “a mesa”. 

Ao entender isso, você consegue estabelecer muito bem o que você possui e proporciona, e quais as vantagens que os concorrentes não têm, destacando-se para o consumidor.

  • Por fim, os objetivos e metas da sua empresa também devem estar claros para orientar as ações, engajar colaboradores e atrair clientes.

Por isso, considere quais necessidades do consumidor a franquia deseja alcançar e quais metas devem ser aplicadas durante o trabalho para alcançar esse resultado.

A partir desses pontos, o marketing digital começa a ser pensado e estruturado para reforçar a marca da franquia e destacá-la no mercado de forma adequada.

Aplicando o marketing digital para franquias

O objetivo final do marketing digital é transformar um visitante em cliente, e depois em divulgador da marca. Isso pode ser alcançado a partir de diversas etapas do trabalho do marketing. 

Uma delas é a performance de qualidade nas redes sociais. 

Seja você um profissional com interesse em transformar sua marca em franquia ou um franqueado, as ações em plataformas sociais são fundamentais para obter sucesso nas vendas – potencializando o negócio para o modelo de franquias ou se destacar na rede.

A criação de um blog ou um site para a sua franquia é uma boa forma de aparecer para futuros clientes e franqueados, demonstrando a missão, produtos e resultados do negócio para atrair essas pessoas. 

Uma seção com formulário para um possível investidor, com relatos positivos de franqueados e as opções de investimento no negócio – com produtos, custos, opções de franquia e tempo para retorno – é uma estratégia interessante nesse contexto

Também vale lembrar que se a ação de marketing for a mesma para toda a rede de franqueados, o investidor deve sempre prestar contas para a marca.

Nas redes sociais, também é possível aplicar ações únicas, mas há mais versatilidade para campanhas únicas e direcionadas para cada unidade, considerando as individualidades dos públicos.

Conheça o seu público

Como funciona o marketing em uma franquiaUma boa estratégia de marketing para uma franquia deve ter os dados da persona bem claros e definidos.

Ainda que diversas pessoas possam ir atrás do produto, cada negócio possui seus potenciais clientes ideais, e é para eles que a campanha deve ser direcionada.

Por exemplo, uma rede de fábrica de embalagens de papelão pode suprir diferentes empresas e pessoas, atendendo necessidades diversas.

Contudo, pode possuir os seus mercados específicos para fornecimento mais específico e ações de divulgação, como redes de supermercados, papelarias e até oportunidades para conquistar outros futuros clientes.

Assim, enquanto marca para investir, as ações de marketing devem considerar os potenciais investidores, renda, interesse e solução proposta.

Enquanto produto, é necessário considerar as necessidades que as soluções atendem e como atrair a atenção dos potenciais clientes.

A persona ideal, no entanto, vai muito além disso. 

É a criação de um modelo de pessoa, com diversas características específicas, como nome e hobbies, formando o cliente, investidor ou visitante perfeito para o seu negócio. 

Será pensando nesses personagens desenvolvidos que a linguagem e campanhas devem ser traçadas.

Para cada tipo de persona, um tipo de comunicação. Esse ponto deve ser conhecido pelo franqueado. Podem ocorrer mudanças locais, porém, deve ser sempre conversado entre franqueador e franqueado.

Redes sociais

Como funciona o marketing em uma franquiaComo já foi mencionado, as redes sociais são um campo essencial para criar ações e marcar presença online para divulgar a franquia e se relacionar com consumidores.

A marca deve estar em todos os lugares possíveis da internet, seja você o franqueado de uma fábrica de injeção plástica ou de um fast-food. Isso porque esse é o principal canal para se aproximar e comunicar as ações da marca para o público.

Atualmente, as redes sociais mais privilegiadas são Instagram, Tik Tok, Twitter, Linkedin e Facebook. Também é super válido ter um contato automático no Whatsapp para responder seus clientes, lembrando sempre de usar o Whatsapp Business para mais segurança.

Dentro de cada plataforma é possível fazer diversas ações, considerando formatos e objetivos, de modo a alcançar determinados públicos por meio de algoritmos e filtros específicos. 

Veja alguns exemplos de ações mais gerais a serem feitas nas redes sociais:

  • Publicação de vídeos e imagens de campanhas;
  • Anúncio de novas ações, promoções e ofertas;
  • Posicionamentos sobre acontecimentos e datas comemorativas;
  • Interação direta com o público;
  • Demonstração do espaço e produtos.

Nessa atuação, um time de comunicação deve auxiliar na produção e compartilhamento de materiais, de modo a agregar identidade e estratégia ao processo. 

Além disso, a linguagem se transforma a cada rede social, mas deve manter as ideias principais da franquia e a missão do negócio. 

Com um trabalho de qualidade, a marca será cada vez mais lembrada por seu público nas redes e demais plataformas, reforçando o negócio. 

E-mail marketing

Como funciona o marketing em uma franquiaAlguns podem se surpreender, mas o uso do e-mail marketing faz muita diferença nas vendas e no contato da franquia com o público. 

A partir do cadastro do e-mail do cliente em algum campo, a empresa pode encaminhar o material e o contato consegue ler facilmente o que aparece na tela do celular.

Não só a leitura está na palma da mão, como também os links inseridos no texto. 

Isso tudo proporciona diversas vantagens para manter o cliente junto da empresa, sempre pronto para um próximo acesso ou compra.

Apesar da facilidade, a produção do e-mail marketing deve ser tão cuidadosa quanto as outras etapas. 

Usando um gestor de e-mails, você deve segmentar muito bem os usuários cadastrados e conteúdos encaminhados a fim de enviar conteúdos personalizados para cada grupo.

Para uma franquia de produtos e serviços de mecânica, por exemplo, vale enviar sugestões de produtos semelhantes para aquele cliente que comprou um filtro regulador de pressão.

Faça do google um seu aliado

Semelhante às redes sociais, um perfil de sua empresa no Google Meu Negócio é fundamental para que o público saiba sobre a empresa e confira as principais informações para acesso e contato.

Com isso, a plataforma pode ajudar um cliente que está a procura de algum produto ou serviço específico já encontrar o estabelecimento que oferece essa solução, trazendo dados sobre o local e o horário de funcionamento, por exemplo.

Digamos que uma  pessoa está pesquisando por “nobreak residencial preçono Google. 

Com o seu perfil no Google Meu Negócio, o cliente visualiza o seu telefone, e-mail, endereço, avaliações de outros usuários e clientes, bem como as fotos do comércio. 

Além disso tudo, a franquia será facilmente encontrada no Google Maps.

Já com a ajuda dos algoritmos, você pode usar o Google Ads para criar links de publicidade e anúncios na internet, atingindo outros usuários interessados no serviço/produto e que buscam por palavras-chaves relacionadas à sua marca.

O remarketing também se torna possível nesta opção. Com isso, um mesmo cliente pode voltar para sua loja ao se deparar com um anúncio segmentado de nobreak 700va preço, por exemplo. 

Assim, as possibilidades são inúmeras e você pode explorar de acordo com a região, perfil e focar em determinadas ofertas e promoções.

Analisando as métricas

De nada adianta aplicar os métodos acima sem um time especializado no acompanhamento das métricas e acessos do seu site e redes sociais. 

Esse processo é tão importante quanto os tópicos anteriores e deve ser feito de forma contínua, de modo a identificar melhorias para as campanhas.

A partir de alguns meios de análise como o Retorno sobre o Investimento (ROI) e o Custo de Aquisição de Clientes (CAC), você conseguirá analisar quais etapas precisam de adequações, quais estão se saindo bem e onde aplicar o dinheiro do marketing.

O Google Analytics é outra ótima ferramenta para observar o andamento das estratégias.

Dessa forma, uma franquia de lojas de materiais de construção pode direcionar o destaque para páginas sobre o piso cimentício atérmico preço M2 ao perceber que esse material atrai mais potenciais clientes para a loja. 

Cabe ressaltar que essas especificidades podem variar conforme a unidade, por isso é importante entender o perfil dos clientes da unidade franqueada além do público geral da marca.

É hora de colocar em prática

Depois de todo o conhecimento adquirido sobre o planejamento e as ferramentas necessárias para aplicação do marketing em uma franquia, você já pode começar a desbravar as possibilidades de alcance e performance que a internet propõe ao seu negócio.

Também não esqueça do marketing tradicional. Use cupons físicos, vale-presentes, panfletos e diversas outras campanhas presenciais para o seu cliente, alinhando com a sede, para que assim o próprio cliente também contribua com o marketing da franquia.

Se o marketing no geral pode depender da marca original da franquia, isso não quer dizer que o franqueado não possa opinar sobre os processos e aplicar ações específicas, conforme o alinhamento feito com a sede.

O intuito é que as franquias reforcem a imagem da marca, mas de modo a não criar concorrência entre as unidades. Assim, havendo o suporte do especialista do marketing da marca, esteja pronto para aplicar as ações na franquia e crescer toda a marca!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

Don`t copy text!
×

Hello!

Click one of our contacts below to chat on WhatsApp

×