Home dino Maior falta de chuvas em um século reforça necessidade de economia de água em condomínios

Maior falta de chuvas em um século reforça necessidade de economia de água em condomínios

por

2/8/2021 – É fundamental que nossos colaboradores que atuam em empreendimentos desse tipo sejam treinados para monitorar o gasto pelos condôminos

Desde outubro de 2020, o volume de chuva registrado no país é o menor em 91 anos, fato que gera uma crise hídrica sem precedentes e que se torna um desafio ainda maior em uma estação seca como o inverno e em meio a uma pandemia que traz incertezas sobre diversos setores produtivos. Existe uma questão imediata que precisa ser considerada: a necessidade de economia de água. Um esforço que efetivamente deve ser tão coletivo quanto individual.

Segundo especialistas em energia, o quadro é preocupante, porém, o Ministério de Minas e Energias afasta, por ora, a possibilidade de racionamento. No entanto, governos estaduais e municipais atentam para a necessidade de economizar água no dia a dia.

Ricardo Takeshi, responsável pelo setor de Qualidade e Segurança do Trabalho da RS Serviços, destaca que o uso consciente de água deve ser abordado nas empresas. “Aqui, os colaboradores são constantemente treinados visando à boa gestão desse recurso natural. A empresa também realiza campanhas educativas por meio de endomarketing e indicadores de consumo”.

Dentre os clientes que a RS possui estão os condomínios, que ocupam papel importante no esforço para a boa gestão desse recurso essencial que é a água, já que costumam ser grandes consumidores. “Por isso, é fundamental que nossos colaboradores que atuam em empreendimentos desse tipo sejam treinados para monitorar o gasto pelos condôminos e fazer a gestão sustentável desse bem”, completa.

Como condomínios podem economizar água?
É muito importante incentivar os moradores a economizar água habitualmente e o síndico pode tomar a frente neste processo, estabelecendo planos de metas e até mesmo oferecendo bonificações para as unidades que alcançarem a redução do consumo. Mas há medidas que o próprio condomínio deve adotar e que podem ser realizadas por empresas capacitadas. São elas:
• Inspeções regulares contra vazamentos.
• Orientação e conscientização dos funcionários.
• Utilização de água de reuso para jardins e áreas externas.
• Utilização de capa de proteção sempre que a piscina não estiver em uso.
• Individualização de hidrômetros.
• Campanhas educativas de reaproveitamento de água, entre outras.

Como economizar água?
A inciativa também pode e deve ser individual. Se cada um faz sua parte, todos se beneficiam. Há algumas ações que contribuem para a redução de gasto de água:
• Tomar banhos rápidos.
• Desligar a torneira ao escovar os dentes ou se barbear.
• Ensaboar toda a louça de uma vez.
• Evitar o uso da máquina de lavar roupas com pouca quantidade de peças.
• Reaproveitar a água da máquina de lavar para lavar o quintal ou área de serviço.
• Não lavar a calçada e/ou garagem com mangueira.
• Verificar e consertar vazamentos.
• Não jogar lixo no vaso sanitário.
• Lavar o carro com balde.

Website: https://www.rsterceirizacao.com.br/

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×