Home dino Como as mudanças do Google Page Experience impactam o e-commerce

Como as mudanças do Google Page Experience impactam o e-commerce

por

São Paulo, SP 2/8/2021 – Trazer uma experiência de página limpa é a base de um carregamento rápido, isso só é possível de maneiras práticas.

Em agosto, o Google anunciou mudanças de suma importância para o SEO e o e-commerce de forma geral. O Page Experience, anunciado pela empresa de Mountain View, que passa a ser vigente desde junho de 2021, passa a priorizar fatores relacionados à experiência dos usuários de maneira individual.

A mudança é significativa. Embora o conteúdo continue como fator determinante para o alcance de páginas, o impacto dos carregamentos de página, e as formas de uso pelo público subsequente, delimitam com maior exatidão as primeiras posições. 

Em suma, os gestores de sites, sobretudo e-commerces e empresas que trabalham com vendas, devem se preocupar com o carregamento de página e a atenção do público aos primeiros instantes de interação.

Mudanças nos fatores de ranqueamento são importantes para o e-commerce

Para o e-commerce, as novas mudanças promovidas pelo Google Page Experience significam trabalhar em otimizações e recursos que garantam um carregamento de página mais rápido, dentro dos padrões definidos pelo Google – a saber: CLS, FID, e LCP -, como causar um impacto ao usuário nos primeiros segundos de carregamento.

Segundo uma matéria publicada pelo próprio Google, um usuário leva em média menos de 8 segundos atento a uma página aberta em mobile. Caso não tenha algum tipo de interação imediata, a taxa de rejeição, métrica responsável por avaliar o tempo em que o usuário de uma página, torna-se alta o suficiente para diminuir o alcance orgânico da página.

Com essas mudanças, os Core Web Vitals, como também tem sido chamada a recente atualização do Google, pede que a atenção dos gestores de sites também sejam voltadas para o carregamento de páginas a níveis estruturais. 

Quais ações as empresas podem tomar?

“Trazer uma experiência de página limpa é a base de um carregamento rápido, hoje em dia”, aponta Uafa Smaili, especialista em e-commerce da Orbital Commerce, “e isso é possível de maneiras práticas, tanto por meio de plataformas gratuitas, mas principalmente por plataformas especializadas em SEO para e-commerce.”

“Por base, tanto a apresentação de um conteúdo rápido e rico em informações, somada a uma apresentação dinâmica de imagens, funcionam bem para um carregamento de página mais rápido”, complementa Uafa, “mas sem dúvidas, o planejamento de uma loja virtual no nível estrutural, ou seja, da arquitetura até a concepção da loja, devem vir pensadas e já otimizadas para que o crescimento da loja nos indexadores sejam mais rápidos desde o lançamento.”

O Google Page Experience será totalmente implementado em agosto de 2021. Para os gestores, é possível acompanhar as mudanças iniciais por meio da plataforma Google Search Console, na aba “Experiências”.

Website: https://orbitalcommerce.com.br/

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×