Home Notícias Corporativas Telemedicina veterinária facilita atendimento a pets

Telemedicina veterinária facilita atendimento a pets

por DINO
0 comentário

Em junho de 2022, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) regulamentou as modalidades de atendimento em formato de telemedicina veterinária, que incluem teleconsulta, telemonitoramento, teletriagem, teleorientação (para comunicação entre veterinários) e telediagnóstico. Essas modalidades permitem que os donos de pets recebam orientação rápida e prática dos veterinários, reduzindo a necessidade de visitas presenciais.

Neste formato, durante a consulta, o veterinário e o dono do animal podem interagir, discutir sintomas, mostrar ocorrências do pet por meio da câmera e receber orientações sobre cuidados e tratamentos, oferecendo, desta forma, conveniência, inclusive em situações menos urgentes, para realizar atendimentos a partir de qualquer local com acesso à internet.

Para Ronnie Girardi, CEO da plataforma de telemedicina Vetconex, essa implementação representa um avanço tecnológico que se traduz em benefícios tangíveis, sendo a agilidade no atendimento uma das principais vantagens. “A capacidade de encaminhar laudos online para os médicos, possibilitando uma rápida apuração do diagnóstico, destaca-se como um marco na eficiência do sistema’’, pontua o executivo.

Girardi também observa essa atualização como um novo paradigma que alivia a sobrecarga hospitalar, especialmente em casos menos graves, o que a torna imprescindível na prevenção de doenças. ‘’A telemedicina, ao identificar e tratar complicações clínicas no tempo adequado, não apenas promove uma abordagem proativa à saúde, mas também contribui para a redução das despesas associadas a tratamentos mais complexos.’’

banner

Adequação em casos específicos

Ainda de acordo com as normas da CFMV, existem requisitos e diretrizes que abordam as responsabilidades, limitações e restrições relacionadas à telemedicina veterinária. 

Essas diretrizes incluem, por exemplo, a exigência ativa no Sistema CFMV/CRMVs, bem como registro com Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) aos médicos veterinários.

Já em situações de emergência e urgência, conforme resolução do órgão, a telemedicina veterinária não é permitida, podendo ser realizada apenas nos casos em que haja uma Relação Prévia Veterinária-Animal-Responsável (RPVAR) presencial e devidamente registrada.

Saúde animal e mercado pet

Segundo levantamento da Abinpet, com projeções baseadas no 3º trimestre de 2023, o segmento pet vet (produtos veterinários) registrou um crescimento de 16% em faturamento ao longo de 2023, seguido por pet care (15%) e pet food (10,6%). Esses números demonstram o cuidado dos tutores em saúde, higiene e bem-estar para seus animais de estimação.

Além disso, o Brasil abriga mais de 285 mil empresas dedicadas ao mercado pet, de acordo com dados do Sebrae, o que o coloca como o terceiro maior do mundo, representando uma significativa fatia do mercado. 

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais