Home Notícias Corporativas Startup torna a busca por terrenos hiper-personalizada

Startup torna a busca por terrenos hiper-personalizada

por DINO
0 comentário

As previsões para o mercado de construção civil no Brasil em 2024 apontam para uma melhora em relação a 2023. A adaptação dos agentes financeiros às novas diretrizes do governo Lula e a queda gradual da taxa de juros, confirmada após a última reunião do Copom em 31 de janeiro, são sinalizadores relevantes. 

Segundo o último índice Fipe/ZAP, o mercado imobiliário de médio e alto padrão está reagindo positivamente com aumento na comercialização e valorização de unidades. Apontando uma reação também positiva neste mercado, o déficit habitacional do país já supera a marca de 5,8 milhões de domicílios, com o governo aprovando um orçamento 40% maior para o programa Minha Casa Minha Vida. Investimentos públicos, aliados às novas regulamentações do programa, vêm continuamente impulsionando o crescimento das ofertas residenciais no setor econômico.

Conforme apontam os últimos anuários do Secovi-SP, quando se há juros mais baixos e segurança econômica, historicamente as empresas voltam a acelerar as frentes de novos negócios, subindo os números de lançamentos. A consequência desse cenário é um aumento no hunting pelos melhores terrenos, o marco inicial e decisivo para que este “embrião” se torne um empreendimento de sucesso.

“A matéria-prima no setor de incorporação e loteamento são os terrenos, sem uma boa área nada acontece” – simplifica Rogério Riquelme, da Cipasa Urbanismo. 

banner

Ao contrário do que muitos pensam, o ciclo do mercado imobiliário vai muito além daqueles dois anos em que se vê um canteiro de obras em plena transformação. Seja para as incorporadoras ou loteadoras, o início desta esteira se dá com a busca por áreas para receber um novo empreendimento.

Enquanto isso, a tecnologia no mercado de incorporação e loteamento vem crescendo rapidamente. De acordo com os últimos estudos da Terracotta Ventures, ocorreu um aumento de 282% nas proptechs e construtechs nos últimos cinco anos. Neste estágio inicial do ciclo imobiliário, várias startups estão oferecendo soluções baseadas em dados ou estudos generativos para agilizar as análises e viabilidades dos terrenos para as empresas. 

Após quatro anos de existência e três de operação, a proptech Terreno Livre se inseriu neste mercado para atuar na busca por terrenos, originando efetivamente negócios.”Eles vieram para nos ajudar com a prospecção. Usamos a plataforma com frequência, em busca das melhores áreas para nossa empresa” – como bem resumido pelo Marlus Werneck, da Construtora Tenda. 

De um lado o Terreno Livre recebe terrenos diariamente, por corretores, imobiliárias e também por proprietários, em todo Brasil – e do outro oferece uma ferramenta completa de prospecção para as companhias que precisam desse ativo para a sua expansão. E agora além de uma plataforma, conseguiu aliar pessoas à sua tecnologia, humanizando e personalizando o trabalho minucioso de busca de áreas para cada empresa. 

“Considerando a busca específica de cada companhia, vimos que além da nossa tecnologia (plataforma), era crucial fornecer orientação personalizada (como um opcional de uma prestação de serviços ou uma consultoria). Com a novidade das Captações Dedicadas, nos tornamos um braço complementar e adicional de prospecção para as empresas. – conta Antônio Freitas, CEO e fundador do Terreno Livre.

O primeiro trimestre se caracteriza por um período de planejamento e organização das empresas em suas frentes de trabalho, estruturando pessoas e contratações de ferramentas necessárias para alcançarem seus objetivos ao longo do ano. Assim foi o depoimento do Rodrigo Riskalla, da Longitude Incorporadora – “Começamos a utilizar a plataforma em meados do ano passado, junto do time de Novos Negócios no interior de SP – e agora em 2024, teremos um ano de muita energia com as prospecções de terrenos na nossa nova regional de São Paulo capital, onde o Terreno Livre também será mega importante nessa operação”

As incorporadoras e loteadoras têm sido ainda o mercado principal de atuação do Terreno Livre – ainda que com atuação mais forte em todo o Estado de São Paulo e no Sudeste como todo, agora atuando em todo território nacional.

Para mais informações, basta acessar: https://www.terrenolivre.com.br/

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais