Home Notícias Corporativas Soprano projeta crescimento de quase R$1 bi em 2024

Soprano projeta crescimento de quase R$1 bi em 2024

por DINO
0 comentário

Prestes a completar 70 anos, a Soprano, especializada em soluções para casa e construção, mantém a preocupação em se reinventar, diversificar e investir no futuro. Um exemplo recente foi a unificação de duas unidades da marca, de Fechaduras e Ferragens e de Materiais Elétricos que, desde 2023, formam a MatCon.

Voltada para a área de materiais de construção, a fusão que compõe essa unidade marca a sinergia no mercado em que atuam. Os investimentos, girando em torno dos R$ 2 milhões, não serão somente em produção, mas também em mudanças internas, com reestruturação de equipes comerciais e de distribuição, construindo um realinhamento operacional para atender ao mercado de forma diferenciada. Em termos de adequação fabril, com remodelação de fábricas e maquinário novo, o investimento total é de aproximadamente R$ 25 milhões.

Já na unidade de Utilidades Térmicas, o foco é para a ampliação do portfólio, que conta com produtos como caixas e garrafas térmicas, entre outros. Só nas caixas térmicas é apontado um acréscimo de 15% a 20% na produção para esse ano. Até agora, os valores giram em torno dos R$ 8 milhões, voltados para novas máquinas, como injetoras e moldes.

A unidade Fotovoltaica é outro exemplo das ações de inovação da Soprano para se posicionar no mercado, atuando em segmentos diferentes, mas sempre interligados. O setor, que vem crescendo exponencialmente no país nos últimos anos, ainda tem muito potencial: “Como tínhamos a unidade de materiais elétricos, vendendo tomadas, interruptores e disjuntores, surgiu a lógica de também trabalharmos com algo que gera energia”, explica Paulo Roberto Sachett, vice-presidente da Soprano.

banner

Com um planejamento que vai até 2030, dividido em duas fases de realização, duas das quatro unidades de negócio receberão investimentos mais fortes em um primeiro momento: MatCon e Utilidades Térmicas, com ampliação de produção, além de uma aguardada ampliação de pessoal.

De acordo com Sachett, os produtos da Soprano consistem em 50% de produção própria e 50% vindos de fornecedores estratégicos do exterior e somente montados no Brasil. “Ressalto que é possível ampliar a capacidade instalada das nossas fábricas rapidamente, para atender às demandas do mercado, o que deve acontecer nos próximos meses, principalmente no setor de construção civil. Entendemos que está se formando uma retomada dos programas governamentais e uma queda de juros, acelerando esse setor”, afirma. Segundo o vice-presidente, o faturamento para 2024 da Soprano deve chegar próximo ao R$ 1 bilhão, com projeção de crescimento de 12%.

Atualmente, a Soprano conta com cinco fábricas, sendo três delas em Farroupilha (RS), uma em Caxias do Sul (RS) e uma em Campo Grande (MS), além de três centros de distribuição, um em cada dessas cidades. 

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais