Home Notícias Corporativas Malinski gera energia a partir de resíduos da madeira e reaproveita 100% da água

Malinski gera energia a partir de resíduos da madeira e reaproveita 100% da água

por DINO
Celebrar o mês do Meio Ambiente é algo que acompanha a Malinski Madeiras desde o início de sua história, há 28 anos. E de maneira prática. Uma das principais fabricantes de cabos de madeira do país, a empresa já atingiu sua autossuficiência energética ao gerar a partir de biomassa 100% da energia para todas as operações da planta. A partir de resíduos de madeira, oriundos da serragem e de outros processos fabris para confecção dos cabos, a Malinski consegue gerar cerca de 2000 kW/h de energia, suprindo sua necessidade total, que atualmente está estimada em 1350 kW/h.
 
A Malinski atua desde o início para aproveitar a madeira em todo seu potencial, respeitando o meio ambiente e as comunidades. A biomassa combina o uso de matérias-primas sustentáveis que resultam em uma menor emissão de CO2, na comparação com outros tradicionais sistemas de geração de energia a combustão. Hoje, ainda é pouco utilizada no país, representando cerca de 9% da matriz elétrica, atrás das fontes hídrica, eólica e gás natural, segundo dados do Ministério de Minas e Energia.
 
A unidade fabril da empresa em Porto Velho (RO), que produz mais de dois milhões de cabos de madeira por mês, também investiu nos últimos anos em um sistema próprio para captação e tratamento da água da chuva. Faz parte do projeto um sistema de desmineralização que tem o objetivo de fornecer água dentro dos padrões de qualidade físico-química e microbiológica, cuja referência é a legislação ASME (The American Society of Mechanical Engineers).
 
A empresa faz reuso de uma água que não é proveniente de mananciais ou distribuída por concessionárias. Isso contribui não apenas para a preservação desse bem, como traz resultados satisfatórios na eficiência do processo de produção. A ideia agora é ampliar o processo para tornar a água potável para consumo. “São quase três décadas de atuação investindo em tecnologia, treinamento dos colaboradores e em estratégias que nos permitem manter o nosso foco principal – inovar com propósito buscando construir um futuro sustentável. Afinal, somos parte da natureza”, afirma o CEO da empresa, Paulo Malinski.
 
Manejo forestal
 
A Malinski nasceu em Curitibanos (SC), onde até hoje fica parte de sua sede administrativa. Em 2018, deu início à produção em sua fábrica na cidade de Porto Velho, em Rondônia. Instalada próxima às Florestas Nacionais de Jacundá e Jamari, a empresa utiliza matéria-prima proveniente de fornecedores comprometidos com a preservação dos recursos naturais e que fazem parte dos planos de manejo florestal sustentável de baixo impacto de áreas nativas.
 
Na produção são utilizadas madeiras de árvores maduras com certificação FSC® (Forest Stewardship Council®), atestado por normas internacionais que visam a preservação do meio ambiente. A companhia segue normas e padrões dos órgãos ambientais brasileiros e internacionais para verificação da origem da madeira, exigindo de seus fornecedores parceiros toda a documentação de rastreabilidade da madeira.

Posts Relacionados

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais

×

Powered by WhatsApp Chat

×