Home Dino Como aprimorar e utilizar a gestão tributária e contábil em tempos de pandemia

Como aprimorar e utilizar a gestão tributária e contábil em tempos de pandemia

por
0 comentário

São Paulo/SP 10/11/2020 – Foram oferecidos cursos e seminários online gratuitos para entendermos todas as mudanças e para que pudéssemos auxiliar as diversas empresas nesse momento.

Diversas ações podem ser tomadas para mudar o cenário empresarial causado pela crise sanitária da Covid-19.

Com a chegada da pandemia, vários setores da sociedade foram afetados e, de acordo com a contadora Caroline Sousa Silva Santana, com a área contábil e fiscal não foi diferente. “Entre tantos desafios, o tempo que tínhamos normalmente para o cumprimento das atividades e obrigações já não se fazia mais suficiente devido ao caos que a pandemia da Covid-19 trouxe para a vida da população em geral”.

A contadora ressalta que os profissionais da área, tanto com seus próprios negócios quanto trabalhando internamente em empresas privadas, viram-se diante da pandemia a considerar oportunidades e mudanças rapidamente para permanecerem relevantes e prontos, não somente para o hoje, mas também para o futuro. “Com a obrigatoriedade do isolamento social foi preciso incluir na rotina modelos operacionais mais ágeis e dinâmicos que, juntamente com a aumento de ferramentas digitais, trouxeram maior inovação na prestação de serviços”.

banner

Segundo levantamento da empresa IOB, especialista em legislação das áreas fiscal e contábil, entre outras, as mudanças na legislação, tanto estadual quanto federal, que afetaram o dia a dia das empresas logo no início da pandemia chegaram a 2.848 no total. Para Caroline, a forma de minimizar esses efeitos foi buscar ainda mais informações confiáveis. “Munido destas informações, o profissional contábil pode conseguir não somente o cumprimento correto dos prazos junto ao fisco, mas também traçar estratégias ficais e gerenciais para o enfrentamento da crise para seus clientes”.

De acordo com a contadora, assim que começou a quarentena, entidades que auxiliam os contadores, como o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e muitas outras organizações, começaram diversas iniciativas para a solicitação dos adiamentos de prazos de entrega de obrigações acessórias, demonstrações contábeis e também para auxiliar os profissionais no entendimento das publicações de novas legislações urgentes.

“Foram oferecidos cursos e seminários online gratuitos para entendermos todas as mudanças e para que pudéssemos auxiliar as diversas empresas que já vinham sofrendo com a queda brusca de receitas, apesar de as despesas fixas continuarem se mantendo, no caso de segmentos que não podiam deixar tantos funcionários fora das organizações”.

Uma das estratégias aconselhadas pelos profissionais da área para minimizar essa lacuna, segundo Caroline, vem sendo postergar todas as ações possíveis de investimentos que estavam previstas pelas empresas em 2020 para o pós-pandemia, identificar oportunidades para geração de caixa com a prorrogação de impostos feita pelo governo e carência de despesas, como alguns meses nos aluguéis, para conseguir gerir melhor as finanças. 

Em contrapartida, a contadora conta que houve setores, como o farmacêutico, que não sofreram tanto com a pandemia e que foi possível constatar a redução de algumas despesas em empresas que conseguiram deixar suas equipes em casa, economizando água, luz, telefone, internet e materiais de uso e consumo. “Houve ainda o cancelamento de viagens e eventos custosos anteriormente previstos, o que resultou em uma significativa queda na despesa”.

De modo geral, Caroline diz que com o home office funcionando muito bem para grande parte dos funcionários, a administração de muitas empresas está repensando a necessidade de ter vários postos de trabalho e andares de escritórios, podendo ser este mais um potencial de redução de despesa futuramente.

A profissional também relata que foi preciso aumentar o alinhamento entre os profissionais contadores e os de outras áreas da empresa, assim como entre os clientes, e que para isso têm sido usadas com mais frequência as ferramentas de reunião em grupo online e feedbacks, que ajudam com que prazos e qualidade do trabalho não sejam perdidos em meio à pandemia.

Para finalizar, a contadora lembra que mais do que esse alinhamento, a união e empatia com o bem-estar de todos também fez a diferença. “Tenho a convicção de que um trabalho bem executado não depende somente de profissionais qualificados, mas também de profissionais bem de saúde mental e, para isso, foi imprescindível receber atividades motivacionais em grupo para ajudar a todos os profissionais em tempos de isolamento”.

Website: http://linkedin.com/in/caroline-sousa-silva-santana-20694b9a/

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais