Home Dino Advogado orienta consumidores para evitar fraudes durante a Black Friday

Advogado orienta consumidores para evitar fraudes durante a Black Friday

por
1 comentário

Caxias do Sul 12/11/2020 – O advogado Emerson Dutra especialista em direito do consumidor, orienta através de seu trabalho a respeito das inúmeras fraudes comuns na Black Friday.

De acordo com especialista, promoções falsas geralmente são encontradas durante este período

Muitos consumidores já estão pensando em 27 de novembro: Black Friday. Vários produtos entram à venda neste período com superofertas, mas é importante ter uma atenção especial e pesquisar os preços imediatamente. Desta forma, evitará passar por promoções Fraudulentas.

O advogado Emerson Dutra, especialista em direito do consumidor, orienta através de seu trabalho a respeito das inúmeras fraudes comuns no período da Black Friday e que ferem o direito do consumidor.

banner

“A situação mais comum é: o valor do produto não ser verídico, o preço do item aumenta um pouco antes da Black Friday, e outro problema, principalmente nas lojas virtuais, é justamente o produto não pode ser entregue, ou seja, os consumidores são atraídos por valores baixíssimos, mas o site não existe. Emerson sempre recomenda uma pesquisa minuciosa do objeto de desejo, assim evitando problemas neste período.

“Dessa forma, o consumidor pode ter certeza de que o produto se trata de uma troca real e honesta. O consumidor sempre precisa focar no produto que deseja e de nada servirá se o momento da pesquisa ocorrer somente no dia da Black Friday. O comprador precisa analisar o produto que deseja, tirar foto da promoção ou do valor e, assim, ele pode comparar com os preços apresentados no dia da Black Friday.

Pesquisas recentes mostram que 60% dos brasileiros pretendem fazer compras na Black Friday. Por isso, o alerta sobre a importância de pesquisar todas as semanas para poder comparar preços. Segundo o site InfoMoney, em um artigo publicado em 25/10/2020, a Black Friday tornou-se a segunda data mais importante do ano, para o comércio, perdendo somente para o Natal. 

Devido à demanda, eletrônicos e eletrodomésticos são os alvos mais comuns de fraudes. O advogado alertou que todas as compras devem ser registradas (até mesmo como prova quando o consumidor precisar), e o especialista também explica o que fazer se ocorrer um golpe durante esse período.

“O consumidor que tem essas evidências deve procurar o órgão de defesa do consumidor de sua cidade, fornecer evidências e registrar a denúncia. Caso a situação não seja resolvida, a melhor solução é contratar um advogado de confiança. Tudo será investigado e a empresa que cometeu a fraude passa a ser avaliada”, conclui Dutra.

Website: http://www.dutraedutraadvogados.com.br

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais