Empreender é o sonho de muitos brasileiros. Ter a perspectiva de uma carreira profissional em empresa ou no serviço público parece que está deixando de ser o sonho dos jovens brasileiros. Eles estão querendo, cada vez mais, a independência se tornando empreendedores desde cedo. Uma alternativa tem sido conhecer a experiência de quem já começou algum negócio para ajudar a superar desafios. Essa é a história da Jornada do Empreendedor.

Começar um negócio é um desafio para muitas pessoas. Seja no varejo tradicional ou mercado de franquias, o que fica evidente é que normalmente quem busca esse tipo de investimento faz isso por conta e risco e sempre sozinho. 

Quando procura um negócio, com base em seus sonhos e expectativas, a experiência comercial pode ser o caminho certo para uma grande dor de cabeça. Esse sonho muitas vezes leva o pensamento a um conto de fadas muito distante da realidade do mundo dos negócios. 

Normalmente a escolha de começar o primeiro negócio é feito sem pesquisa, utilizando apenas o feeling, entretanto esse famoso feeling pode levar pessoas a cometer erros muito graves na hora de fazer um investimento.

DEVO EMPREENDER OU SER EMPREGADO?

Essa pergunta tem um tom mágico. Muitas vezes é a resposta que algumas pessoas buscam para tomar a iniciativa e começar. Poucas pessoas tem coragem de ouvir um NO GO, aquele Ela não é uma resposta tão simples, deve ser analisada com cautela para que com isso possa ter melhores resultados.

A falta de literatura específica sobre temas é um desafio
A falta de literatura específica para ajudar quem decide empreender

Não há literatura abundante sobre o tema, a maior fonte de pesquisa está na internet e nesse caso vale quem tem mais recursos para aparecer na hora da busca. Certa vez, durante uma conversa com um franqueador, ele alertou que não existem projetos para treinar pessoas que pretendem se tornar franqueadas. 

A evidência disto é que acabamos gerando uma série de investidores inaptos para o negócio, o que transforma sonhos em verdadeiros pesadelos. É importante que pessoas com intenção de investir em franquia se profissionalizem. O modelo tem características únicas e deve ser cuidadosamente analisado.

Minha dica para aqueles que buscam fazer um investimento focado na assertividade é que façam a jornada do franqueado.

HISTÓRIAS DE SUCESSO

É muito fácil a gente olhar um empreendedor que deu certo e falar que ele teve SORTE. Ser empresário e ter o próprio negócio é um desafio constante. Muitas vezes as pessoas sonham em começar um negócio, pelo glamour ou pelo que assistem em novelas. 

Nem sempre é assim. Existem algumas barreiras que muitas vezes a falta de experiência pode levar para o buraco o sonho de ter o próprio negócio. Um grupo de empresários mineiros fizeram um estudo junto aos órgãos competentes para descobrir que motivos levam empresas a quebrar. Assim surgiu o Guia Prático para Quebrar a sua empresa. Um jeito divertido para te ensinar como não fazer para conduzir seus negócios. 

JORNADA DO EMPREENDEDOR

O projeto jornada do empreendedor foi criado pela Prosper Negócios, uma empresa especializada em franquias e consiste num estudo que vai analisar o perfil empreendedor, com testes vocacionais e estruturação financeira. Com esses pilares definidos as chances de errar diminuem e você terá um consultor a sua disposição para assessorá-lo de forma autônoma sem vínculo com nenhum franqueador.

O projeto começou quando o CEO da empresa era superintendente de shopping center. As repetidas informações geraram conteúdo para desenvolver uma metodologia própria para ajudar pessoas que buscam começar o seu próprio negócio e ainda não sabe por onde começar. Aprender com os desafios de quem já começou é uma experiência que traz muitos ganhos para quem pretende começar.

O Projeto consiste num treinamento de 3 meses, em que são avaliados o perfil empreendedor, os segmentos de negócios que tem aderência ao perfil da pessoa que deseja empreender e claro a capacidade financeira. Não adianta ter falha em um dos pilares. O risco de problemas pode ser muito grande.

FRANQUIA OU VAREJO TRADICIONAL?

Melhor investir em treinamento e acertar do que comprar um negócio e ficar desesperado para vender ou sair dele. Estima-se que do valor negociado em repasse de franquias em 2019 atinja a marca de 30% de todo valor negociado no ano.

Vários podem ser os motivos que levam a desistência, entretanto ter o controle de suas decisões em suas mãos pode minimizar prejuízos e auxiliar na tomada de decisão.

Escolher um modelo de negócios deve passar por algumas avaliações como “quero ter um projeto consolidado e padronizado?”, “Quero me aventurar e testar meus conhecimentos?” Meu perfil é conservador, moderado ou arrojado para fazer esse tipo de investimento? Muitos repasse de negócios no modelo tradicional ou no modelo de franquias acontecem por motivos que muitas vezes não estão ligados ao financeiro. Podem ser por que pessoas que não tinham perfil, dessabores com franqueadores, mudanças de cidades ou até mesmo questões de saúde.

O importante para começar é ter a certeza no que vai investir e qual o segmento que tem aderência ao seu perfil Empreendedor. Se é ruim acabar um namoro, é muito pior acabar um casamento. Acabar com a relação de negócios é muito mais desgastante. Aprender com a experiência de quem já passou pelo desafio de começar um novo negócio, pode ser uma saída.

 

10 COMENTÁRIOS

    • Ter uma franquia é uma vantagem. Entretanto é preciso lembrá-lo que não existe mágica nos negócios, isso acontece em outros ambientes bem diferentes do ambiente de negócios. Siga a gente nas redes sociais. Muita coisa pode te ajudar a sair na frente. Quem chega primeiro, bebe a água limpa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here