segunda-feira, 11 dezembro, 2023
Home Franquias A doença que ataca a maioria dos franqueados

A doença que ataca a maioria dos franqueados

por Rodrigo Campelo
0 comentário
A doença que ataca a maioria dos franqueados

A doença que ataca a maioria dos franqueados é conhecida como a Síndrome de novo Franqueado e provavelmente ela é mais comum do que se possa imaginar.  Se você estiver sentindo cansaço, dor no corpo, dor de cabeça, dor muscular, fadiga, náusea e vômito, pode ser que você tenha sido contaminado.

E olha que não estamos falando de uma gripe, mesmo que os sintomas sejam muito parecidos. A incubação da doença é curta, geralmente de dois a três anos depois que se compra uma franquia, e os sintomas podem durar de 6 a 12 meses após a implantação da unidade. 

Como uma doença também pode ser altamente contagiosa por outros franqueados. E isso acontece porque os franqueados tendem a sentir que conhecem melhor seu negócio do que os franqueadores depois de um período operacional, pois passam mais tempo na operação do que os franqueadores.

Além disso, como parte da operação, eles adquirem conhecimento e experiência do negócio, o que os ajuda a entender melhor o negócio e a tomar decisões mais informadas. Os franqueados também estão mais próximos dos clientes, e podem receber feedback direto sobre seus serviços.

banner

Por outro lado, os franqueadores não estão presentes diariamente nas operações do franqueado, e, portanto, podem não ter a visão holística que os franqueados têm. Em suma, os franqueados tendem a sentir que sabem mais do que os franqueadores depois de um tempo de operação porque desenvolvem conhecimento e experiência no negócio, estão próximos dos clientes e obtêm feedback direto deles.

Para isso podemos afirmar que ser franqueado é um bom negócio?

Sim, ser franqueado pode ser um bom negócio se você estiver disposto a se dedicar a um trabalho árduo, se tiver capital para investir e se tiver a experiência e o conhecimento necessários para gerenciar o negócio de forma eficaz. É importante ter em mente que o sucesso de uma franquia depende de fatores como o tipo de mercado em que ela opera, o nível de habilidade e conhecimento do proprietário e as políticas e serviços oferecidos.

Conheça os quais são os 5 principais desafios de um franqueado?

1. Investimento financeiro:

o franqueado deve ter uma boa quantia de dinheiro para cobrir o investimento inicial e os custos operacionais.

2. Conhecimento do negócio:

é importante que o franqueado compreenda os processos e procedimentos do negócio que está adquirindo.

3. Gerenciamento de tempo:

o franqueado deve ter tempo suficiente para dedicar ao negócio, para gerenciar suas finanças e para aprender sobre as operações diárias.

4. Gerenciamento de riscos:

o franqueado deve estar ciente de todos os riscos associados ao negócio e ter mecanismos para lidar com eles.

5. Comprometimento:

o franqueado deve estar disposto a enfrentar os desafios e dificuldades do negócio e continuar se esforçando para alcançar os objetivos.

Provavelmente você deve estar se perguntando se a franquia ou modelo tradicional são melhores para começar a empreender. De verdade a resposta depende de muitos fatores, incluindo o capital disponível, o perfil de risco do investidor, o mercado alvo, o local e as tendências de mercado. Uma franquia ou um negócio tradicional pode ser igualmente lucrativos, desde que sejam bem gerenciados. É importante que o investidor avalie todos os aspectos antes de tomar uma decisão.

Mas as franquias trazem diferenciais importantes que devem ser observados e analisados.

1. Menor risco: Ao comprar uma franquia, o investidor tem a oportunidade de contar com o trabalho de marketing e desenvolvimento de produtos já realizado pela franqueadora. Isso significa que o franqueado não precisa se preocupar com as etapas iniciais de criação de uma nova empresa, como pesquisa de mercado, desenvolvimento de produtos, criação de marca, etc.

2. Acesso a treinamento e suporte: A franqueadora oferece aos franqueados treinamento, suporte e orientação em todas as áreas de operação, o que torna o processo de abertura de uma nova empresa muito menos complicado.

3. Rede de contatos: Ao comprar uma franquia, o franqueado tem acesso a uma rede de outros franqueados que podem oferecer conselhos e apoio.

4. Acesso a financiamento: Algumas franquias oferecem financiamento para ajudar os franqueados a obter o capital necessário para iniciar seu negócio.

5. Reconhecimento de marca: As franquias oferecem aos franqueados acesso a uma marca reconhecida, o que torna mais fácil para os franqueados atraírem novos clientes.

Síndrome de novo franqueado, é uma doença? tem cura? Que doença é essa que acomete quase todo franqueado.

 

Gostou deste conteúdo? Essa matéria foi produzida pela equipe do portal Negócio e Franquia. Visite o portal, e descubra que existem muitas informações importantes que podem te ajudar a tomar a melhor decisão na hora de empreender.  Compartilhe com amigos e familiares e siga a gente nas redes sociais. A Negócio e Franquia está no Instagram, no Linkedin.  Você pode acompanhar no canal do Spotify e até mesmo baixar as músicas do Playlist do empreendedor. Se inscreva no Canal do Youtube e acompanhe a coluna independente na FM O Tempo

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Newsletter

Assine nossa newsletter para novos conteúdos especializados. Mantenha-se atualizado.

©2023 Negócio e Franquia. Todos os Direitos Reservados. 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais