Home Notícias Corporativas Pesquisas revelam o perfil atual do consumidor digital

Pesquisas revelam o perfil atual do consumidor digital

por DINO
0 comentário

Estudo realizado em 2023 pela Associação Brasileira de E-commerce (Abracom) revelou que o Brasil tem hoje mais de 930 mil lojas virtuais e a maioria chegam a receber aproximadamente 10 mil visitas mensais. Isso significa que para os players obterem visibilidade no buscador, não dependem da relevância da marca, e sim, do posicionamento nos buscadores, principalmente no Google, que é o mais acessado no Brasil e no mundo.

Em uma entrevista coletiva com especialistas da gráfica online GIV, que oferece serviços gráficos 100% virtual, coordenador de mídias e performance da gráfica, Rodrigo Barroso, conta que tem criado diversas estratégias em parceria com a equipe de conteúdo e designers gráficos para aumentar o ranqueamento do site na busca orgânica do Google, usando estratégias de palavras-chave junto com imagens atrativas e conteúdos relevantes, com isso o ranqueamento cresceu em torno de 39% nos últimos 12 meses.

E, além do posicionamento nos buscadores, outros fatores são relevantes para um consumidor digital. Um levantamento feito pela State of Search Brasil em parceria com a Opinion Box, sobre a jornada de compra do cliente digital, aponta que cerca de 86% dos brasileiros buscam lojas online para obter informações detalhadas sobre o produto, antes de efetivar a compra, e quase 71% dos clientes preferem pesquisar o produto previamente na loja física para depois efetivar a compra online. 

A State of Search Brasil chega inclusive a detalhar na pesquisa que, 25% dos consumidores acessam sites, lojas ou redes sociais dos concorrentes para fazer um comparativo do produto antes da compra. E ainda cerca de 65% desistem da compra por falta de informações mais detalhadas sobre o produto. 

banner

Com base nesses dados, Victor Nakamura, coordenador de marketing da GIV Online, explicou na coletiva que a empresa procura usar todos os recursos possíveis para sanar as dúvidas do cliente, com descritivos esclarecedores, videotutorial, vídeos de produtos e com opções de canais de atendimento.

Além disso, a State também mostra que uma média de 77% preferem conferir as descrições dos produtos com textos mais curtos e seguidos de imagens. E para corroborar com esses dados estatísticos, a análise destaca uma média de 72% dos que têm preferência por imagens, 67% por vídeos curtos e 48% por artigos.  

Ainda nessa pesquisa, a State of Search Brasil mostra que 74% dos que usam o buscador online para realizar a compra diretamente no site, e quase 48% compram em plataformas de marketplaces, além de fazer o uso do Instagram para também realizar compras. 

A State of Search Brasil também aponta que 74% acabam desistindo da compra por não confiar tanto na reputação do site ou da empresa, e uma média de 75% desiste de finalizar a compra por questões do frete, seja com relação aos prazos ou valores.

Nesta entrevista, o especialista em logística, Thiago Manso da GIV detalha a importância de estratégias assertivas de frete como forma de atrair o público-alvo. 

“Hoje nossa gráfica além de ter mais de 4000 balcões de retirada, tem serviços de frete delivery, parceria com dezenas de transportadoras e possibilidades de entrega rápida. Inclusive, podemos aliar preços e prazos competitivos, podendo chegar a um frete grátis, dependendo da região”, explica. 

E para o Think With Google, a aplicação de frete grátis, campanhas de descontos, preços atrativos, facilidades de pagamento e prazos de garantia dos produtos, são fatores decisivos para finalizar uma compra. 

O Relatório de Tendências do Varejo 2024 do Opinion Box aponta também que uma média de 63% preferem o e-commerce porque acreditam que essas plataformas oferecem os melhores preços. E, cerca de 77% dos clientes brasileiros acham melhor a integração entre as lojas físicas e online. 

A análise da Octadesk em parceria com o Opinion Box mostra que 85% dos consumidores brasileiros fazem ao menos uma compra online por mês, enquanto 62% realizam em torno de duas a cinco compras mensais pela Internet.  

E a pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) revela um perfil de cliente que é bem adepto às compras online. Esse estudo relata que cerca de 58% conseguem preços mais atrativos em plataformas online, ao invés de lojas físicas. Quase 57% ressalta a praticidade de comprar online, sem ter que se dar ao trabalho de sair de casa e 56% acreditam que há descontos exclusivos para compras feitas online, o que acaba se tornando um chamariz para as vendas. 

Ao analisar essa pesquisa, o coordenador de marketing da GIV reforça um outro ponto decisivo para o cliente concluir uma compra. 

“Tenho observado que o perfil do consumidor digital se tornou cada vez mais amadurecido, consciente e prático. Ou seja, o cliente sabe a importância de ter acesso a um site que oferece segurança cibernética, facilidade de navegação e escolha de produtos, e também espera um checkout otimizado no site. É um conjunto de fatores que define o comportamento atual de um cliente digital”, conclui o especialista.  

Posts Relacionados

A riqueza do varejo brasileiro, as tendências, as melhores práticas do mercado você só encontraca na Negócio e Franquia, descubra tudo sobre FRANQUIAS, SHOPPING CENTERS, EMPREENDEDORISMO, GESTÃO, NEGÓCIOS, CULTURA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CONHEÇA AS POLÍTICAS PÚBLICAS para o mundo dos negócios.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por 77Prime Labs

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Ler mais